emprego energia solar

Podem ser instalados interligados em série ou paralelo, obedecendo à Lei de Ohm, ou seja, quando interligados dois ou mais unidades em paralelo ( pólo positivo com pólo positivo e negativo com negativo) a tensão não se altera, mas a corrente é somada.

Quando interligados em série (une-se o pólo positivo de um painel ao pólo negativo do outro e toma-se o pólo negativo de um e o pólo positivo do outro para a saída) a tensão se multiplica e a corrente permanece inalterada.

Pode-se também conjugar uma instalação com painéis ligados em série e paralelo para atingir valores de tensão e corrente compatíveis com a aplicação desejada.

Quando há a instalação de conjuntos de painéis ou painéis com capacidades diferentes, é imprescindível a instalação de diodos para protecção e equalização da carga.

Escolha locais onde não haja sombreamento e o mais próximos do local de consumo. Os painéis podem ser fixados em telhados, lajes, postes, etc…e preferencialmente utilizando de suportes específicos para isso.

Instalação e montagem de um Painel Solar Fotovoltaico
Instalação e montagem de um Painel Solar Fotovoltaico

Sua posição e inclinação no nosso hemisfério deve ser voltado para o Sul e a 25º a 30º. Não é recomendável inclinações abaixo de 15º para não permitir o acumular de sujidade.

O cálculo de inclinação é:

Inclinação = Latitude + (Latitude/3)

A precisão não é rigorosa, portanto pode ser ajustado por aproximação. Cuidados devem ser tomados quanto à fixação, levando-se em conta a acção dos ventos e tempestades.

Para não ocorrer danos tanto ao painel quanto aos equipamentos, recomendamos que os painéis estejam cobertos com lona ou plástico preto durante a instalação.

Sistemas simples com poucos painéis não geram corrente ou tensão suficientes para causar choque à pessoa, porém sistemas maiores e mais complexos devem ser instalados por pessoal habilitado e com utilização de toda a segurança necessária sob risco de choques e danos à saúde.

Controladores de Carga

Recomenda-se a instalação do(s) controlador(es) o mais próximo possível das baterias, para não provocar perda na cablagem e em local à sombra e ventilado.

Os controladores fazem a compensação de carga conforme a temperatura do ambiente e se colocados ao sol podem provocar leituras irreais do sistema.

Cuidado deve ser tomado com a ligação dos pólos negativo e positivo, para não queimar o fusível de protecção. Os painéis e controladores possuem diodos e componentes de protecção ao circuito, todavia os outros equipamentos conectados podem não ter e estarão sujeitos a danos.

Saiba como dimensionar o controlador de carga para um sistema energia solar fotovoltaica.

Cablagem e Ligações para o sistema solar

Utilize somente cabos de qualidade comprovada e dentro das normas.
Cabos de baixa qualidade ou fora de especificação irá comprometer o rendimento do sistema, provocando perda de energia, aquecimento e mau contacto.

Para os sistemas autónomos e para uma dada potência, uma tensão baixa implica correntes elevadas que irão produzir perdas de Joule na cablagem (para um aparelho de 100W a 12 V, tem-se uma corrente de cerca de 8 A). A secção dos cabos deverá ser escolhida criteriosamente por forma a limitar estas perdas.

Para sistemas de maior potência, deverá escolher-se 24 ou 48 V, de forma a trabalhar com valores de corrente não muito elevados.

A tabela seguinte apresenta o valor das tensões em função da potência, recomendados para sistemas fotovoltaicos.

Potência Vs Tensão do sistema fotovoltaico

0-500 W c – 12VDC
500-2 kW c – 24 VDC
2-10 kW c – 48 VDC
> 10 kW c – 48 VDC

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

5 COMENTÁRIOS

  1. Olá, bom dia, estou estudando este assunto, pretendo montar em minha cidade uma revenda com montagem e assistencia de energia solar, tanto doméstica e comercial, e no momento ainda não estou preparado, mas estou com um pedido de um cliente que quer montar em sua fazenda um sistema solar, ele vai usar1 freezer de 2 portas, 1 geladeira duplex, 2 tvs de 32", 8 lampadas, celulares, basicamente isso, vcs podem me ajudar no projeto e venda do equipamento?? veja custos por favor

  2. Gostaria de saber sobre custos e equipamento a serem utilizados para um consumo normal de energia solar em uma residência com 2 tv's, geladeira, fogão com acendimento elétrico, dois chuveiros elétricos, micro-ondas , maquina de lavar, computador e 14 lâmpadas. Obrigado.

  3. me chamo robécio e estou cursando engenharia elétrica e pretendo fazer um trabalho terminação de curso tcc sobre as vantagens do sitema fotovotaíco caso tivessem artigos ou um norte,agradeço.

  4. Energias limpa, ao alcanse de todos, o custo ainda é alto em termos de brasil, mas a de se ter uma politica energetica mais seria, os custos iriam baixar muito e ficaria acessivel a todos.
    Como eu posso fazer o calculo de quantos paineis irei usar em uma casa?
    Qual o custo de cada painel ?

  5. Muito bom dia ,
    Após a leitura do artigo, penso haver algumas coisa a acrescentar e que não sendo dita, pode induzir em erro. Então começaria por falar quanto à inclinação dos painéis.
    A inclinação dos painéis aqui referida será para o período do Verão, mas isso traz uma perda de rendimento para o período do Inverno. Logo seria necessário dizer que podemos ter inclinações diferentes para os dois períodos. A saber e segundo estudos já efectuados a inclinação seria de:
    Latitude – 5º = para o Verão.
    Latitude+20º = para o Inverno
    Latitude +15º = para todo o ano
    Exemplo: para a Cidade onde Habito, Porto 41º de latitude seria uma inclinação de :
    Verão – 41º-5º=36º
    Inverno – 41º+20º=61º
    Todo o ano – 41º+15º=56º
    Dou esta informação porque não sabemos nunca o caso particular em que cada um vai fazer a sua instalação. Pode haver quem necessite ter energia numa casa de retiro de verão, numa casa de retiro de inverno, ou numa casa de permanência todo o ano.
    Relativamente à protecção das pessoas penso que devemos alertar aqui não só para o perigo do choque eléctrico, mas sim também para o perigo de incêndio, não podemos esquecer que trabalhámos com energia eléctrica e que embora as tensões possam ser baixas no caso de 12, 24 e 48 V ,estamos por vezes a falar de correntes elevadas da ordem dos 20,30,40A ou mais, consoante a potência alimentada. Como tal tudo isso deve ser posto em consideração, pois pode haver o risco de ter a secção de um cabo mal calculado e provocar um incêndio.
    Relativamente às tensões recomendadas em conformidade com as potencias permita-me não concordar também com os valores que publicou, pois existem no mercado equipamentos que vão para alem dos limites de potencias em relação ás tensões. Penso que tudo deve ser tido em linha de conta. Ou se entrega um sistema nas mãos de um bom profissional do sector para que não corramos riscos, ou se partimos par o “faça você mesmo”, devemos certificarmo-nos do risco que corremos e seguimos as instruções de alguém com conhecimentos técnicos que nos possa ajudar e super visionar.
    Bom penso ter contribuído com a minha opinião para esclarecer mais um pouco quem tiver duvidas e se quer dedicar ás renováveis
    Um abraço a todos.
    Paulo Cardoso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here