Pellets para aquecimento são a opção mais económica

Com o uso da biomassa como combustível para aquecimento mais concretamente pellets pode obter uma poupança de aproximadamente 50% no custo de combustível, segundo dados da Associação Espanhola de Valorização Energética da Biomassa (AVEBIOM).

Os dados do estudo resultaram da análise do consumo de várias fontes de energia e o custo de cada fonte em relação com a evolução dos preços do combustível a biomassa, cuja estabilidade é uma das caraterísticas mais interessantes, os dados têm origem nos preços dos pellets de madeira como fonte de energia térmica existentes na página da internet da AVEBIOM.

No seguimento deste estudo, o presidente da Associação Espanhola de Valorização Energética da Biomassa, Javier Díaz, lembrou que o início de 2017 “está marcado com um aumento dos preços das principais fontes de energia, os aumentos da eletricidade e do gás seguem com tendência de subida, o que provoca consequentemente um aumento nos gastos de todas as famílias Espanholas que ainda usam os sistemas de aquecimento com estufas a gás, gasóleo, radiadores elétricos ou outros sistemas de aquecimento que necessitem consumo de eletricidade”.

O presidente Javier Díaz recordou ainda que para encher o depósito de gasóleo há um ano atrás tinha um custo de 0.488 euros/litro e que atualmente o preço do litro de gasóleo é de 0.7333 euros, o que indica um aumento de praticamente 50% em apenas um ano.

No entanto Javier Díaz informou “além da poupança, o combustível a biomassa apresenta outras importantes vantagens, sendo as mais importante o caráter neutro para o cálculo da emissões de CO2 que afetam as mudanças climáticas, assim como o impacto na dinamização das economias rurais na consequente criação de postos de emprego locais”.

Apresentamos dois exemplos práticos e reais

Durante os dois últimos anos, os técnicos da Associação Espanhola de Valorização Energética da Biomassa – AVEBIOM percorreram mais de 20 cidades espanholas com o objetivo de explicar às famílias as vantagens provenientes do uso da biomassa, vantagens económicas e para o meio ambiente, assim como para conhecerem os gastos anuais reais das famílias com os sistemas de aquecimento.

As diferenças dos custos das distintas fonte de energia são muito significativas e ocorrem frequentemente na envolvente das províncias do norte e interior de Espanha.

Aquecimento moradia com sistema de Pellets
Aquecimento moradia com sistema de Pellets

Exemplo 1 – Uma moradia COM com sistema de aquecimento

Neste caso usamos como referência uma moradia de 120 metros quadrados com um bom isolamento térmico, o consumo com o aquecimento através de radiadores de piso radiante seria de 20.000 kWh/ano.

Ao preço do mercado atual (preço em Espanha), o uso do aquecimento teria um custo  equivalente em pellets de 950 euros e em gasóleo de aquecimento seria de 1.469 euros. Em ambos os casos são considerados que o combustível seria entregue em casa através de transporte.

Exemplo 2 – Uma moradia SEM sistema de aquecimento

Numa moradia semelhante mas localizada numa zona do litoral ou localizada no sul de Espanha, sem sistema de aquecimento através de radiadores, o consumo energético necessário para aquecimento seria de 6.500 kWh/ano.

Este consumo energético anual com pellets teria um custo de 345 euros (aproximadamente 90 sacos de pellets); usando aquecimento através de gás butano o gasto seria de 500€ (aproximadamente 40 garrafas de gás butano); mas com eletricidade um aquecimento com as mesmas caraterísticas teria associado um custo adicional de 1.070€ na fatura elétrica.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO...