carregamento-carros-eletricos

O futuro certamente pertencerá aos veículos totalmente autónomos e elétricos, por isso, como é normal, o mercado dos veículos elétricos continua em franca expansão.

Em Portugal começa-se a sentir essa mesma expansão, prova disso é a imposição pelo Governo, para 2018, de pontos de carregamentos obrigatórios nas novas casas e garagens. Apesar de se tratar de uma imposição do Governo, este também compromete-se a dar mais incentivos na compra de veículos elétricos.

Desta forma, o Governo pretende que todos os imóveis (de habitação ou não)  novos, que disponham de locais de estacionamento, tenham obrigatoriamente pontos de carregamentos de veículos elétricos.

Infelizmente, ainda não são conhecidos muitos pormenores sobre todas as medidas que vão entrar em vigor neste campo, mas segundo o próprio Governo existirá “incentivos ao aumento do parque nacional de veículos elétricos, ao nível de particulares, empresas e Administração Pública”.

Espera-se também que seja desenvolvido uma rede de carregamento público em todo o território português, para completar as 31 estações de carregamentos públicas já em funcionamento atualmente.

As estações de carregamentos pública de veículos elétricos são divididas em dois tipos: carregamentos semi-rápidos e normais. O primeiro tipo de carregamentos são os que conseguem carregar os veículos em apenas duas horas, enquanto os carregamentos ditos normais, demoram aproximadamente seis horas.

Assim que concluído o desenvolvimento da rede de carregamentos do sistema público, tudo indica que será entregue à gestão privada, ou seja, os carregamentos dos veículos elétricos começarão a ser cobrados.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO...