Vestas investe no Brasil com nova fábrica de aerogeradores no Ceará

parque-eolico-vestas

A empresa Dinamarquesa Vestas iniciou a construção de uma fábrica de naceles com 800MW de capacidade total, um centro de formação e serviços de O&M.

A dinamarquesa Vestas iniciou a construção de uma fábrica de naceles eólicas em Fortaleza, no Ceará. A unidade contempla ainda uma área de serviços de operação e manutenção e um centro de formação, que já se encontra em funcionamento.

A produção de aerogeradores, porém, deve ter início no segundo trimestre. A planta terá capacidade de montar 400 equipamentos por ano, o que representa 800MW em potência instalada.

O CEO da companhia para Brasil, Portugal e Espanha, Miguel Picardo, afirma que a Vestas tem hoje cerca de 940MW em turbinas vendidas no BRASIL. E este número deve alcançar em breve o valor de 1GW, uma vez que uma negociação está em estado avançado e deve ser fechada em 1 ou dois meses. Segundo o executivo, “o Brasil é considerado estratégico para o grupo” e a presença local é “uma aposta de longo prazo”.

Nesta semana, a Vestas anunciou seus resultados globais, que ficaram abaixo das expectativas e fizeram com que a própria companhia definisse o ano de 2011 como “decepcionante”. Para Picardo, o Brasil e outros mercados emergentes ficam “mais atractivos” com a desaceleração na Europa.

Outros alvos da fabricante dinamarquesa na América Latina são, principalmente, México e Brasil, embora “Chile, Peru e Panamá” também apresentem perspectivas interessantes.