Dimensionamento do controlador de carga para um sistema solar

controlador-carga-solar

O controlador/regulador de carga é um dos principais componentes de um sistema solar fotovoltaico, sendo o responsável pela duração da vida útil dos bancos de baterias, que como todos sabemos são dos componentes mais dispendiosos nestes sistemas solares.

A função do regulador de carga, é a de proteger as baterias de serem sobrecarregadas, ou descarregadas profundamente, e assim garantir, que toda a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos, é armazenada com maior eficácia nas baterias.

Os controladores de carga possuem uma série de dispositivos que informam permanentemente sobre o estado de carga do sistema e alertam o utilizador para que este possa adaptar a instalação às suas necessidades particulares, aumentando assim o tempo de vida útil das baterias.

Os reguladores de carga, utilizam-se principalmente em sistemas isolados da rede, ou seja autónomos, compostos por módulos fotovoltaicos, ligados a um regulador, que por sua vez está ligado a baterias para alimentação.

Os reguladores de carga devem ser seleccionados tendo em atenção as características do sistema fotovoltaico utilizado e as características de tensão e corrente envolvidas no sistema solar fotovoltaico.

Dimensionamento do Controlador de Carga

O controlador de carga é definido pela tensão de trabalho do sistema e pela maior corrente exigida. A capacidade do controlador deve superar a corrente dos painéis ou as de consumo, naquele em que for maior o valor.

esquema-sistema-solar-fotovoltaico

Devem ser calculadas ambas as correntes (corrente dos painéis solares e a corrente a ser consumida) sendo seleccionada a corrente mais elevada.

O valor total de corrente é o consumo dividido pela tensão de trabalho do equipamento.

Verifique a corrente máxima exigida pelos equipamentos que serão ligados ao sistema solar.

Para os painéis solares, deve basear-se na corrente discriminada na tabela de características do produto.

A corrente do sistema será a soma das correntes máximas geradas pelo(s) paine(is) solar(es). Obtenha o total, levando em consideração a associação dos painéis conectados.

Defina o controlador pelo maior valor encontrado (painel ou consumo).

Exemplo

Para um consumo diário de 570 Watt/hora, sendo a produção de 600 Wh.

Divide-se este valor pela tensão do sistema, obtendo-se a corrente que será necessária para escolher o controlador.

Exemplo para um sistema a funcionar em 12 Vcc

600 W / 12 V = 50 Amperes

Caso a corrente total supere a capacidade de um controlador, divida sua instalação em duas ou mais linhas (barramentos) de energia, executando o mesmo principio de balanceamento de carga de uma instalação eléctrica convencional.

Se a instalação for em 12V será necessário a divisão da carga em dois controladores de 30A + 30A = 60A que será maior que os 50A.

Exemplo para um sistema a funcionar em 24 Vcc

600 W / 24 V = 25 Amperes

Neste caso, com a instalação em 24V não será necessário a divisão da carga, e só será utilizado um controlador com capacidade maior que 25A, ou seja por exemplo um de 30A.

NOTA IMPORTANTE

Não é recomendável instalar sistemas que trabalhem em alta corrente, excepto para aplicações específicas.

Esses sistemas não são recomendados devido a serem exponencialmente mais caros, e por requererem mais cuidado e segurança.

Balancear a carga, dividindo a potencia total em barramentos, dentro do mesmo critério do utilizado na eléctrica convencional, é uma forma recomendada, segura e racional de instalação.

Existem diversos modelos de controladores de carga para sistemas solares fotovoltaicos, dependendo do fabricante. Dimensione o seu sistema de acordo com as necessidades e tendo sempre atenção à segurança e qualidade dos equipamentos.