Projeto Solara Energia Solar

A Allianz Capital Partners, em nome da Seguradora Allianz, acaba de divulgar a aquisição do projeto Solara de 218,8 megawatts (MW) em Portugal. Os trabalhos de construção da Solara já começaram e a execução do projeto está prevista para o verão de 2019.

Após a aquisição da primeira central solar fotovoltaica em Ourique, em outubro deste ano, a Allianz investe agora num segundo projeto de energia solar sem subsídios públicos do Estado português.

Solara está localizada no sul de Portugal, em Vaqueiros, no distrito de Faro, a cerca de 230 km a sudeste de Lisboa. Portugal é um dos principais países europeus na produção de energia renovável, com mais de 50% de energia proveniente de energia eólica, solar e hídrica.

Solara será o maior projeto solar em Portugal: terá uma capacidade de 218,8 MW

O Solara irá fornecer energia renovável para aproximadamente 100 mil casas da região por ano, equivalente à energia necessária para abastecer uma cidade do tamanho do Porto, durante um ano.

Solara é um projeto importante para a área de Vaqueiros que recentemente foi impactada pelo decréscimo da população. O projeto trará benefícios económicos para o local e irá empregar 1.500 pessoas para os trabalhos de construção.

O projeto Solara irá cumprir os termos de um contrato de compra de energia de preço fixo de 20 anos (PPA).

“A Allianz é um dos principais investidores em energias renováveis na Europa, uma vez que pretendemos liderar a indústria no que se refere à integração de fatores ESG (Environmental, Social and Governance) nos nossos negócios de investimento. Este é já o nosso segundo investimento em Portugal sem subsídios em conjunto com um PPA. Estamos muito satisfeitos por nos associarmos novamente com a WElink neste projeto solar tão atrativo. Com o nosso 9º investimento solar – a Solara, teremos mais de 90 projetos incluídos nosso portfólio de energias renováveis”, refere Marc Groves-Raines, Diretor de Energias Renováveis da Allianz Capital Partners.

Os investimentos da Allianz no setor da energia renovável somam já 9 parques eólicos e 83 centrais solares, localizados na Áustria, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Portugal, Suécia e Estados Unidos.

Os parques eólicos e solares da Allianz conseguem gerar energia renovável suficiente para abastecer mais de um milhão de residências.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

1
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

1 Comentários da discussão
0 Respostas aos comentários
1 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
1 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
MANUEL BENTO

Se houver maior investimento na produção de produção de energia “limpa”, seja por painéis solares, aerogeradores, eólicas ou quaisquer outras “a inventar”, certamente que os preços irão baixar.
Então porque é que há novamente “rendas garantidas” por 20 anos aos investidores?
Onde está o espírito “capitalista” do risco se os estados, leia-se pessoas que nos governam, garantem o que não vão gerir, isto é os futuros “impostos”, mais taxas e taxinhas que irão pagar os diferenciais caso apareçam e creio que sim, que tornem a energia mais barata???