Sistema Solar Fotovoltaico Tradicional

A gigante francesa de lojas de venda de bricolage, construção, decoração e jardim, fundada em 1923 por Adolphe Leroy e Rose Merlin, aposta na venda de painéis solares fotovoltaicos online em Espanha.

Segundo a empresa francesa, esta nova aposta em energia solar fotovoltaica segue “em linha com as novas regulamentações sobre o autoconsumo que coloca um fim na chamada taxa solar, assim a Leroy Merlin passa a apostar nas energias renováveis domésticas”.

Entra assim no mercado das energias renováveis, fornecendo painéis solares para autoconsumo, bem como soluções de aerogeradores para capturar o calor a partir do ar. Deixando para trás a IKEA, que também tem planos para investir neste mercado.

A retalhista francesa tem já em stock painéis solares disponíveis para vender para Espanha através do seu site online, sendo que nos meses seguintes esses painéis solares também ficarão disponíveis nas lojas físicas.

Soluções de energia renováveis Leroy Merlin

São várias as soluções de energia renovável que o grupo disponibiliza, desde a biomassa, aerogeradores e painéis solares térmicos e fotovoltaicos.

Os painéis solares fotovoltaicos para autoconsumo têm que ser ligados à rede elétrica e são vendidos pela francesa com kits completos – painéis, inversor e estruturas de fixação. Também pode optar por soluções mais simples.

A Leroy Merlin também vai apostar na venda de baterias. No seu site, vão passar a ter uma página inteiramente dedicada que dá sugestões de soluções baseadas nos consumos mensais de eletricidade do utilizador, dimensão da casa e localização desta.

Quanto à gigante sueca, fica para trás… pois a Leroy Merlin passa a ser a primeira a vender painéis solares em Espanha, sendo que a sueca já comercializa este tipo de produto em Itália e Alemanha, Bélgica, Reino Unido, Polónia, Holanda e Suíça.

Taxa solar espanhola

A taxa solar foi introduzida em Espanha no outono de 2015 pelo governo de Rajoy. Ficou conhecida como o “imposto do sol” praticamente impedia a produção de eletricidade com recurso à energia solar.

É que apenas sistemas solares até 19kWh estavam livres de pagar essa taxa, as demais instalações solares, eram alvo dessa taxa, tanto para instalações já existentes como novas. Foram anos de processos contra esta taxa solar.

Mas ainda assim, no ano 2017 Espanha produziu 135MW através dos sistemas solares fotovoltaicos. Valor conseguido graças a sistemas mais pequenos de autoconsumo ligados à rede.

Com o a eliminação da “taxa solar” o governo espanhol espera alcançar o comboio europeu das energias renováveis. Além de que vai apoiar ainda mais as energias renováveis, com o intuito de em 2030 ter as metas propostas a nível europeu.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui