Impactos ambientais das Energias Renováveis

Diferentes tipos de energias renováveis têm diferentes impactos ambientais

Desde a descoberta dos combustíveis fósseis, carvão, petróleo e gás natural, que a humanidade tem caminhado para o desastre dos impactos ambientais. Pois estes combustíveis fósseis são limitados, não se renovam, e por isso, a queima destes para produzir combustíveis, levam ao aumento do aquecimento global rapidamente…

Para minimizar esses impactos ambientais, começou-se a desenvolver fontes de energia renováveis, estas são infinitas, pois existem continuamente. São exemplos disso, o vento, água, biomassa, o sol e a geotérmica.

No entanto, apesar de reduzirem a poluição, acabam por ter também inerentes alguns impactos ambientais, mas nós ainda não temos uma compreensão total destas sobre o ambiente.

O que são as energias não renováveis?

Uma fonte de energia não renovável, é o que o nome indica, um tipo de material que não se regenera por si. Mesmo havendo recursos, como as árvores, que crescem novamente, e se possa encontrar novas fontes de água, há certos materiais essenciais, como o carvão, petróleo e metais que não se regeneram naturalmente, e estamos a consumi-los rapidamente.

O aumento da população mundial ao longo dos anos, tem contribuído para o consumo excessivo e respetivo desaparecimento dessas fontes de energia não renováveis. Daí que se tenha investido na procura de outras fontes de energia alternativa.

Impactos ambientais das Energias Renováveis

O que são as fontes de energia renováveis?

As fontes de energia renováveis são aquelas que se regeneram constantemente, e vão desde o vento, luz solar, poder geotérmico e água.

Cada uma dessas fontes de energia renováveis tem um impacto ambiental mínimo, do que as fontes de energia não renovável (carvão, petróleo e metais). Os impactos ambientais destas fontes de energia renovável variam consoante o tipo de fonte de energia, a localização geográfica e outros fatores importantes, mas todas são mais favoráveis do que o que atualmente usamos para o mundo funcionar!

Os impactos ambientais da força do vento como fonte de energia renovável

A força do vento produz eletricidade quando este “bate” nas pás dos aerogeradores e estes começam a rodar. Como o vento é abundante e inesgotável, é fácil dizer que é uma das fontes de energia mais sustentáveis de gerar eletricidade sem poluir o ambiente.

É mundialmente usado para gerar energia com sucesso, mas tem alguns impactos ambientais como a destruição de habitats para instalar as grandes torres eólicas. Há também relatos de que as aves não detetam as pás eólicas e vão contra as mesmas, ficando estas feridas com gravidade.

Os impactos ambientais do sol como fonte de energia renovável

O sol é outra fonte de energia renovável presente no nosso dia a dia. É fonte de calor, luz e produção de energia. Como está presente na nossa vida desde sempre, é seguro dizer que também é inesgotável!

Hoje em dia é a fonte de energia renovável mais usada por todo o mundo, inclusive nas nossas casas. Existem centrais fotovoltaicas que permitem produzir energia limpa, bem como a instalação de painéis solares nas nossas casas.

No entanto, a existências destas grandes centrais fotovoltaicas, amplamente designadas por quintas solares, acabam por ter grandes impactos ambientais, pois necessitam de grandes espaços para serem instaladas, bem como de água para ajudar a arrefecer componentes que sobreaquecem, além de que os painéis solares são construídos com recurso a materiais perigosos.

Assim, os impactos ambientais da luz solar como fonte de energia renovável vão depender da empresa que os produz e do tipo de sistema solar que seja usado!

Os impactos ambientais da energia geotérmica como fonte de energia renovável

A energia geotérmica usa o calor existente no centro da terra para gerar energia. As centrais geotérmicas mais modernas são construídas junto a “pontos quentes” onde a lava esteja mais próxima da crosta terrestre. O calor destas fontes magmáticas ajuda a aquecer água, que depois é transformada em vapor e por sua vez ajuda a produzir eletricidade.

Essas zonas existem naturalmente em certos pontos do planeta, mas grande parte das empresas tem que perfurar um túnel para encontrar fontes geotermais mais profundas, o que acaba por ser um problema. Pois perfurar pode levar ao aumento da atividade geotérmica, deixando as populações na região destas perfurações em perigo!

Os impactos ambientais da energia hídrica como fonte de energia renovável

As centrais hídricas são movidas pela força da água, que permite gerar eletricidade. É a fonte de energia renovável mais antiga, usada pelo ser humano.

Podemos ver esta fonte de energia renovável em barragens construídas no leito dos rios. Apesar de ser uma fonte de energia renovável, acaba por ter grandes impactos ambientais, pois quando se cria uma barreira para reter a água, esta tem que ocupar outras zonas ambientais.

É talvez a fonte de energia renovável com maior impacto ambiental… pois a água ao ser retida vai ocupar espaços da vida selvagem, ou mesmo obrigar à relocalização de aldeias ribeirinhas, como ocorreu em Portugal aquando da construção da Barragem do Alqueva!

100% energia limpa

Apesar destes impactos ambientais das energias renováveis, estas são as melhores fontes de energia que temos. E os países mundiais estão unidos para que a sua eletricidade nos próximos anos venha a ser 100% energia limpa!

Se isso funcionar será um grande passo para a humanidade por vir a limpar o planeta no futuro.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui