Fim do Ciclo de VIda as pás eólicas

Reciclagem e desenvolvimento de pás eólicas em fim de vida útil

Cerca de 14000 pás eólicas chegam ao fim do seu ciclo de vida útil nos próximos 3 anos, o mesmo é dizer que cerca de 50000 toneladas de peso em pás eólicas irão para aterros ou serão incineradas!

Para evitar isso, o Reino Unido, preocupado com o meio ambiente, está a desenvolver uma iniciativa para a reciclagem e desenvolvimento futuro destas pás eólicas. Iniciativa que tem por detrás o National Composites Centre (NCC), visando assim acelerar o desenvolvimento de tecnologias, processos e materiais que abordem uma iniciativa de reciclagem e desenvolvimento futuro de pás eólicas!

Ao projeto deram o nome SusWind, promovido em colaboração com ORE Catapult, bem como com o apoio da The Crown Estate e Renewable UK!

O projeto SusWind

O projeto SusWind pretende impulsionar a sustentabilidade futura da tecnologia de aerogeradores em três áreas complementaras:

  • Reciclagem: demonstrar que existem tecnologias viáveis para reciclar o stock existente de pás eólicas, a maioria das quais já se encontra próximo do seu fim de vida útil, e assim usar esses materiais para desenvolver novas aplicações secundárias como peças para veículos elétricos, pontes ou mesmo isolamento térmico.
  • Sustentabilidade: incentivar ao uso de materiais mais amigos do ambiente, sejam mais sustentáveis, como matérias primas de origem biológico ou termoplásticos no desenvolvimento de compostos para as pás eólicas, em vez de fontes insustentáveis ou com pouco potencial de reciclagem.
  • Design: desenvolver novos protótipos cujo design seja inovador e permita uma montagem ou desmontagem mais fácil e prática, recorrendo a materiais sustentáveis e cujo ciclo de fim de vida já esteja assegurado. Assim, preparando o futuro da próxima geração de pás eólicas.

O NCC pretende que mais empresas da indústria energética se envolvam no programa e colaborem a dar uma direção a este trabalho. Outras empresas que já se encontram a colaborar com o projeto são a SSE Renewables, Vestas, BVA Associates e a Shell.

O diretor da NCC, Richard Oldfield, ressalvou que “os materiais compostos são um fator chave para o êxito da energia eólica, bem como para se conseguir uma economia global baixa em carbono. Mas é evidente para os engenheiros, economistas e ambientalistas que precisamos de encontrar uma forma mais sustentável de avançar. Investir agora no futuro da sustentabilidade das pás eólicas ajudará a desbloquear o uso de compostos reciclados para a próxima geração de transporte e infraestrutura sustentável”.

Quanto ao departamento de Investigação e Inovação da ORE Catapult, pelas palavras de Stephen Wyatt, defende que “é vital que se trabalhe para minimizar o impacto direto no nosso meio ambiente e procurar por novas formas inovadoras de reciclar o parque existente de aerogeradores para que a próxima geração, com o uso de compostos ou materiais mais ecológicos, sejam mais sustentável”.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui