Bicicletas Elétricas

Para 2019, o Governo aumentou o apoio financeiro para a aquisição de automóveis elétricos por particulares. Anteriormente, o valor atribuído por contribuinte era 2250 euros. Agora, passou a ser 3000 euros.

Apesar disso, o Governo informou que deixará de apoiar financeiramente a compra de automóveis elétricos que custem mais de 62 500 euros. Afinal, esses veículos não são considerados “veículos utilitários” e o Governo quer aplicar as verbas em veículos de custo mais baixo para aumentar a mobilidade elétrica em Portugal.

Nas novas regras de incentivos para a compra de veículos elétricos há uma novidade: o estado português “oferece” 250 euros a cada contribuinte que queira comprar uma bicicleta elétrica urbana.

Governo português incentiva a comprar bicicletas elétricas

De acordo com os últimos dados do Governo, no ano 2018 foram atribuíram apoios para 1170 novos veículos elétricos Agora, pela primeira vez em Portugal, as bicicletas elétricas também passam a integrar neste incentivo que será distribuído por ordem de chegada de cada candidatura.

Como se candidatar ao incentivo

Para usufruir deste apoio, “o contribuinte terá de entregar a fatura que justifique a compra e também uma declaração do vendedor que refira que se trata de uma bicicleta elétrica para meios urbanos e citadinos, e não uma bicicleta destinada ao desporto (por exemplo, uma bicicleta de montanha com suspensão integral)”, confirma José Mendes, o Secretário de Estado Adjunto da Mobilidade.

Incentivos para compra de Bicicletas Elétricas
Incentivos para compra de Bicicletas Elétricas

O Estado tem cerca de 3 milhões de euros para ajudar os portugueses que queiram comprar veículos elétricos (motas, carro e bicicletas). As empresas também podem aproveitar o incentivo, mas o valor mantém-se nos 2250 euros por veículo elétrico. Por sua vez, também só podem adquirir no máximo quatro veículos (antigamente, estavam limitados a cinco).

Vendas de veículos elétricos tiveram um aumento

Nos próximos dias, este incentivo à mobilidade elétrica com as novas regras será publicado. É importante mencionar que, de 2017 para 2018, as vendas de veículos elétricos em Portugal registaram um salto de 148%. Agora, com os incentivos, a intenção do Governo é apoiar até 1000 automóveis.

Em relação às motas, o incentivo é de 20% do preço total até um limite máximo de 400 euros. Daí, a procura de motas elétricas ser baixa em Portugal.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here