Dispositivo converte movimento em eletricidade

Cientistas desenvolveram dispositivo que converte movimento em eletricidade

Foi dado mais um passo na preservação do ambiente, desta feita, cientistas criaram um dispositivo que converte movimento em eletricidade. Este converte desde o movimento corporal ao caminhar, até à energia cinética do vento, ou seja, qualquer tipo de movimento!

O dispositivo criado, é pequeno, maleável e macio, sendo mesmo capaz de desempenhar a sua função em locais mais húmidos e dentro de água. Esta é assim uma forma encontrada para que converte movimento em eletricidade sem emissão de gases de efeito de estufa.

Dispositivo converte movimento em eletricidade

Os cientistas que desenvolveram este dispositivo trabalham na Universidade da Carolina do Norte, tendo dado a conhecer o processo (como funciona e componentes integrantes) no site da universidade.

No desenvolvimento deste dispositivo foi encontrado um impacto negativo… o poder! Mas que acreditam ter encontrado forma de o resolver.

Michael Dickey, autor do projeto e professor na Universidade falou sobre a descoberta “A energia mecânica, tal como a energia cinética do vento, ondas, movimento do corpo e vibrações dos motores, é abundante. Criamos um dispositivo que pode converter este tipo de movimento mecânico em eletricidade. E um dos seus atributos notáveis é que funciona perfeitamente bem debaixo de água”.

Como funciona este dispositivo?

Dickey explicou ainda o processo de funcionamento do dispositivo… “Como o dispositivo é macio, qualquer movimento mecânico pode provocar a sua deformação, incluindo esmagamento, estiramento e torção. Isto torna-o versátil para a recolha de energia mecânica. Por exemplo, o hidrogel é suficientemente elástico para esticar até cinco vezes o seu comprimento original”.

É que água presente no hidrogel tem sais dissolvidos (iões), que se montam na superfície do metal e assim induzem a carga no metal. Ao aumentar a área, vai ter mais superfície para atrair a carga, o que leva o dispositivo a gerar eletricidade, que depois é captada através de um fio ligado ao dispositivo.

Os primeiros testes já foram realizados, mas geraram pouca energia elétrica, mas contrariamente a outros projetos semelhantes, este projeto foi capaz de funcionar debaixo de água.

Facto que levou os investigadores a dividirem o projeto em dois, o original e o segundo projeto que vai avaliar a forma como esta tecnologia pode ser usada para recolher a energia das ondas do mar.

Vídeo – Dispositivo que produz eletricidade com o movimento

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui