Tipos de Biocombustíveis

biodiesel-combustivel

Existem vários tipos de Biocombustíveis que hoje em dia são usados em larga escala e têm grande potencial de crescimento.

Relembremos que os biocombustíveis que também são conhecidos como agrocombustíveis são combustíveis de origem biológica não fóssil.

Os vários tipos de biocombustíveis têm normalmente origens em plantas sendo produzidos a partir de uma ou mais plantas. Qualquer material de origem orgânica tem o potencial de gerar energia. Muitos são os tipos de biocombustíveis são fabricados em escala comercial a partir de produtos agrícolas

De acordo com a Diretiva n.º 2003/30/CE do Parlamento Europeu e do Conselho da União Europeia e, consequentemente, do Decreto-Lei n.º 62/2006, de 21 de março são considerados dez tipos de biocombustíveis.

Dez tipos de biocombustíveis

Biodiesel

Combustível renovável e biodegradável que se obtém a partir de óleos vegetais (como soja, amendoim…) ou animais, isto é, obtém-se a partir da reação química de lípidos, óleos ou gorduras de origem animal ou vegetal.

O óleo retirado de elementos vegetais tem que ser misturado com metanol e depois catalisar-se esta mistura.

A soja é um alimento reconhecido em todo o mundo e o seu uso quer para a alimentação quer na produção de biodiesel tem disparado. Já, por exemplo, o amendoim não é tão requisitado.

O biodiesel substitui o óleo diesel usado nos automóveis, camiões, tratores e outros veículos.

O biodiesel não é tóxico, é mais lubrificante, é seguro e contribui para a redução de dióxido de carbono na atmosfera.

Biogás

Nome comum dado a uma mistura de gases obtida através da decomposição biológica de matéria orgânica, na ausência de oxigénio. Esta mistura é constituída por gás metano, gás carbono, reduzidas quantidades de gás sulfídrico e humidade.

Esta mistura de gases é purificada até ter a qualidade do gás natural.

Obtém-se esta fonte de energia renovável em aterros sanitários, pântanos, intestinos de animais, etc.

Bioetanol

Trata-se do etanol produzido a partir de biomassa, como milho, celulose ou cana-de-açúcar.

Biometanol

Metanol produzido a partir de biomassa. É um biocombustível com diferentes utilidades como solvente, preparação de colesterol, hormonas e vitaminas, extração de produções animais e vegetais, entre outras.

Bioéter dimetílico

Éter dimetílico que se produz a partir de biomassa.

Bio-ETBE (bio éter etil-ter-butílico)

ETBE produzido a partir do bioetanol. A percentagem em volume de bio-ETBE considerada como biocombustível situa-se nos 47%.

Bio-MTBE (bio éter metil-ter-butílico)

Bio-MTBE produz-se a partir de biometanol. A percentagem em volume de bio-MTBE considerada como biocombustível situa-se nos 36%.

Biocombustíveis sintéticos

Produzidos a partir de biomassa são hidrocarbonetos sintéticos ou misturas de hidrocarbonetos sintéticos.

Biohidrogénio

Hidrogénio que se obtém a partir de biomassa.

Óleo vegetal puro produzido a partir de plantas oleaginosas

Óleo produzido por pressão, extração ou processos comparáveis a partir de plantas oleaginosas.

O bioetanol e o biediesel lideram a lista dos biocombustíveis mais utilizados nos meios de transporte em todo o mundo. Na Europa esta tendência é seguida situando-se o consumo de biodiesel em 78.2% e o de bioetanol em 20.9%, segundo dados recolhidos em 2011.