Plantas morrem na presença de redes Wi-Fi

perigos-redes-wifi

Estudantes dinamarquesas realizaram uma experiência científica que originou resultados chocantes sobre os efeitos das radiações dos telemóveis e outros dispositivos  nos seres vivos.

As cinco estudantes perceberam que plantas expostas às ondas eletromagnéticas não cresceram e algumas morreram. Cientista sueco do Karolinska Institute quer reproduzir esta experiência em laboratório para verificar os resultados obtidos por este projeto.

O projecto foi inspirado pela própria constatação das jovens de que tinham dificuldades em dormir quando os aparelhos estavam perto das suas cabeças, durante a noite. Sem recursos para testarem os efeitos das radiações nos seres humanos, optaram por usar plantas.

Elas encheram seis tabuleiros com sementes de agrião lepidium sativum e colocaram-nos numa sala, juntamente com dois routers sem fios que emitem o mesmo tipo de radiação que um telemóvel. Ao mesmo tempo, colocaram seis tabuleiros iguais numa sala sem wi-fi.

A experiência durou 12 dias. Durante esse período, ambas as amostras foram mantidas húmidas e as suas temperaturas foram controladas. O resultado mostrou que o agrião exposto à radiação wi-fi se recusou a crescer, tendo a maior parte mesmo morrido.

As plantas sem exposição à radiação permaneceram verdes e saudáveis.

crescimento-plantas wi-fi

Este simples passo pode ajudar a dar os primeiros passos na preservação da saúde face aos avanços tecnológicos.

Já em 2010, um estudo realizado pela Universidade Wagenigen, na Holanda, davam indícios da poluição eletromagnética adoecendo árvores.

Segundo os cientistas, a radiação emitida pela tecnologia está ligada a fatores como problemas no crescimento de árvores, morte de algumas camadas de tecidos e diversas fissuras e sangramentos nas cascas.

Para chegar a essa conclusão, a equipa realizou uma série de testes para identificar o grau de influencia da rede sem fio nas árvores.

Entre elas, os pesquisadores expuseram 20 árvores de carvalho a diversos tipos de radiação por um período de três meses, revelando que aquelas colocadas perto dos sinais apresentaram um brilho semelhante ao chumbo, causado pela morte das camadas superior e inferior da epiderme das folhas.

Este projeto fez com que as cinco estudantes dinamarquesas ganhassem um prémio numa competição regional assim como o interesse da comunidade científica em todo o mundo.

crescimento-plantas-wi-fi

.

Como reduzir a exposição às radiações

1 – Use somente o telemóvel para ligações rápidas;
2 – Prefira o uso do alta-voz ou de auriculares;
3 – Não durma próximo dos equipamentos, caso necessite do alarme aumente o volume e mantenha o aparelho distante do seu corpo;
4 – Não use estes equipamentos no bolso;
5 – Prefira sem equipamentos com fios no seu local de trabalho e mesmo em casa;
6 – Evite usar redes Wi-Fi ao máximo.

Qual a sua opinião sobre este assunto?

COMPARTILHAR