Diagnóstico e reparação de avarias frequentes nos Painéis Solares Térmicos

principais-avarias-paineis-solares-termicos

As avarias mais correntes nas instalações de painéis solares térmicos são no circuito primário e caracterizam-se por um rendimento baixo ou mesmo nulo da instalação, fugas do fluido no circuito, ruídos anormais no funcionamento das bombas), por ser a parte mais delicada da instalação.

Apresentamos as causas mais prováveis, os sintomas e as consequências das avarias nos painéis solares térmicos de forma a ser possível uma reparação mais simples e rápida.

Quando o rendimento da instalação solar térmica é baixo e o aquecimento não é o esperado.

Pode ser devido aos seguintes problemas:

As bombas não funcionam

Deveremos comprovar se o fornecimento da rede é o correcto; se há alguma válvula indevidamente fechada; o funcionamento dos fusíveis, contactos e quadro eléctrico; assim como verificar se a bomba está entupida.

Se depois de realizar estas comprovações a bomba continua sem trabalhar, deverá ser substituída.

Se a bomba arranca em sistema manual dando pressão ao circuito, o controlo diferencial não funciona correctamente. Verificaremos a colocação das sondas de temperatura, os fusíveis e a calibração do sistema de controlo.

O circuito tem baixa pressão em frio e parado

A causa mais frequente é a falta de fluido no seu interior originada por fugas, procedendo ao arranjo delas e ao preenchimento do circuito.

Se o depósito de expansão é aberto, o tubo de ligação à bomba pode estar entupido ou o nível de fluido no seu interior ser baixo. Finalmente purgaremos o circuito tal como
indicado anteriormente.

A bomba funciona mas o caudal e a pressão fornecidas são insuficientes

Se o sistema em frio e parado tem uma pressão normal, a bomba arranca, mas o aquecimento da água e a pressão e caudal do circuito são insuficientes, o problema está na bomba.

Verificar-se-á se a posição do selector de velocidades é a correcta e se está devidamente purgada. Em caso contrario devemos substituir a bomba.

A bomba funciona mas o caudal é insuficiente e a pressão elevada

Neste caso o sistema não aquece suficientemente, com o circuito em frio e parado a pressão é normal, a bomba arranca normalmente mas em funcionamento a pressão fornecida é mais alta da prevista e o caudal baixo.

Determinaremos o ponto de funcionamento da bomba para conhecer o caudal circulante. A causa mais habitual é a existência de uma obstrução no circuito que impede a normal circulação, procedendo à sua abertura e limpeza.

COMPARTILHAR