Custos dos subsídios das energias renováveis

crescimento-energias-renovaveis

O sobrecusto das energias limpas em Portugal, incluído nas tarifas eléctricas dos últimos cinco anos, ultrapassa 1,4 mil milhões de euros.

Nos últimos cinco anos muito mudou no panorama energético nacional. No final de 2005 havia no País 650 torres eólicas, distribuídas por uma centena de parques. Hoje há o dobro de parques e 1.996 aerogeradores.

A mudança na paisagem trouxe um custo que pesa na carteira de cada consumidor. Desde 2006 os subsídios do Estado à produção renovável tiveram um sobrecusto de 1,4 mil milhões de euros.

Pelas contas que o Jornal de Negócios elaborou, esse apoio vai custar este ano 90 euros a cada consumidor de electricidade. Na média dos últimos cinco anos, o custo médio por cada lar é de 52,5 euros.