Turbina Eólica Haliade-X

Haliade-X, a turbina eólica que bateu recordes de produção de eletricidade de sempre

Turbina eólica Haliade-X alcança recorde de produção de eletricidade

A turbina General Electric Haliade-X de 12 MW bateu o recorde de produção de energia eólica em apenas 24 horas com 262 MWh.

Os efeitos devastadores das mudanças climáticas já são irreversíveis, embora ainda possamos interromper o seu progresso se forem tomadas decisões imediatas que reduzam as emissões que favorecem o aquecimento global. Diante de uma situação de emergência climática, o debate sobre energias renováveis, como a energia eólica, ressurge fortemente.

Turbina eólica offshore - Haliade X
Comparação de altura – Turbina eólica offshore – Haliade X

A energia eólica, que gera eletricidade graças à força do vento, é uma das fontes renováveis ​​mais desenvolvidas que podem ser usadas para reduzir o uso de combustíveis fósseis. É uma fonte limpa e inesgotável que não afeta a emissão de gases de efeito estufa.

Nesse sentido, em todo o mundo, a produção de energia eólica cresceu 9,6% em 2018, sendo China, EUA, Alemanha, Índia e Espanha os principais produtores mundiais.

Há alguns meses, a General Electric avançou nessa direção e apresentou o maior gerador de energia eólica do mundo, com uma altura de 260 metros e pás que atingiram 107 metros de comprimento. Este modelo também tem um diâmetro de 220 metros e uma área de 38 metros quadrados.

O protótipo da turbina eólica Haliade-X de 12 MW foi apresentado em março de 2018 e mostrou que é capaz de gerar energia suficiente, cerca de 67 GWh por ano, através da força do vento para fornecer energia a 16.000 casas.

Turbina eólica Haliade-X, pode ser um antes e depois na transição total para uma energia completamente renovável, pois alcançou um marco ainda mais surpreendente. Excedeu o recorde de energia em apenas um dia produzindo 262 MWh.

Este projeto requer um investimento de aproximadamente 400 milhões de euros. Este é apenas um protótipo instalado provisoriamente no porto de Roterdão, mas espera-se que os modelos finais comecem a ser introduzidos no mercado em 2021.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui