Parque Solar Smartenergy

Portugal deve testemunhar este ano o lançamento de obras de construção de parques solares em larga escala, depois da produtora suíça de energia solar Smartenergy Invest AG ter anunciado que contratou a empresa multinacional de energias renováveis ​​Voltalia SA que está sediada em Portugal para construir 3 parques solares com 134 megawatts (MW) na Margem Sul por 80 milhões de euros.

De acordo com a empresa Voltalia SA, a construção do primeiro projeto fotovoltaico, localizado na Margem Sul, deverá começar no primeiro semestre de 2020 e a sua construção vai envolver mais de mil funcionários.

Segundo a Voltalia os serviços incluem as instalações de transmissão (linha de evacuação e subestação), bem como do serviço de Operação e Manutenção (O&M) na qual a empresa Voltalia vai fornecer todo o seu know-how e será responsável pela construção, operação e manutenção dos parques solares  por um período superior a dez anos e que serão equipados com painéis fotovoltaicos de alta eficiência e  com seguidores solares.

A empresa francesa Voltalia está presente em 19 países com mais de 1 GW em operação ou em construção, e um portfólio de projetos em desenvolvimento que representa uma capacidade total de 7,1 GW.

A empresa pode contar com o seu Global Solar Hub estabelecido em Portugal, ativo local e com uma equipa de quase 200 pessoas no Porto e Oliveira de Frades, incluindo especialistas nas áreas de engenharia, compras, construção, gestão da produção, manutenção e distribuição.

Horst Mahmoudi, CEO da Smartenergy, refere que a construção de um elevado volume de projetos em Portugal é um dos principais desafios para 2020.

Tendo sido factores determinantes na sua escolha a qualidade demonstrada pelas equipas da Voltalia,  além de todo o seu know-how,  da solidez e da experiência dos seus serviços integrados, e de construção (EPC) e Operação e Manutenção (O&M)

Sébastien Clerc, CEO da Voltalia, explica que nos últimos anos, a sua equipa em Portugal se mobilizou internacionalmente e que grandes oportunidades para a prestação de serviços também apareceram no mercado nacional português e estão felizes em apoiar o novo parceiro Smartenergy na execução dos seus projetos.

Recentemente no evento Solar Finance & Investment Europe da Solar Media, as operadoras fotovoltaicas estão confiantes de que Portugal pode elevar a capacidade instalada para 8,1GW-9,9GW até 2030, acima dos 572MW em 2018 de acordo com as metas do governo.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui