Siemens Gamesa ultrapassa Vestas como maior fabricante de equipamentos eólicos

O que ninguém esperava aconteceu, Siemens Gamesa Renewable Energy (SGRE) conseguiu alcançar a primeira posição no mercado mundial de fabrico de equipamento eólicos no ano de 2017.

Siemens Gamesa Renewable Energy instalou uns incríveis 9.43 gigawatts (GW) superando assim o fabricante Dinamarquês Vestas que ficou em segundo lugar no ranking mundial com uma potência instalada de 7.52 GW, os dados divulgados agora têm a assinatura da empresa GlobalData.

No entanto, a Golobaldata informou que este raning agora divulgado não tem em conta a capacidade instalada em regime offshore da joint venture MHI Vestas.

Os dados divulgados pela Globaldata são diferentes dos dados e valores apresentados pela empresa FTI Consulting, que apresentava o fabricante Vestas como líder do mercado eólico do ano de 2017.

Portanto a dúvida está instalada sobre quem liderou o ranking mundial no mercado eólico em 2017.

Segundo os dados apresentados pela GlobalData, Siemens Gamesa teve um incremento de 26.40% na potência eólica instalada referente ao ano de 2016, por outro lado o fabricante Vestas obteve um decréscimo na ordem dos 14% referente ao mesmo período. O fabricante Chinês GoldWind ficou ainda no pódio mas em terceiro lugar logo seguido por General Electric (GE), ambos GoldWind e GE tiveram uma queda de um lugar no ranking comparando com o ano anterior de 2016. Um outro fabricante Enercon ficou em quinto lugar no ranking.

Ranking Mercado Eólico Mundial 2017
Ranking Mercado Eólico Mundial 2017 – Dados GlobalData

O estudo da GlobalData confirma que os cinco principais fabricantes de aerogeradores representaram em 2017 quase 58% da capacidade total instalada nesse ano, valor que é superior em 7% comparativamente a 2016.

Ankit Mathur, responsável do setor energético de GlobalData, informou: “A recente fusão de Gamesa e Siemens teve como consequência uma posição bastante sólida na indústria eólica onshore e offshore. A vantagem competitiva de maior escala, aliada a uma excelente distribuição e diversificação, proporcionou o impulso necessário para que Siemens Gamesa consegui-se o primeiro lugar no ranking mundial de mercado eólico de 2017”.

“As sinergias da fusão tiveram como resultado, a combinação de produtos o que proporcionou uma a presença global e sólida de Siemens Gamesa no mercado eólico offshore, este fator deve manter uma vantagem sobre os principais competidores”, acrescentou Mathur.

O fabricante dinamarquês Vestas não conseguiu manter-se no topo do ranking tal como aconteceu em 2016, devido ao resultado das sinergias de Siemens Gamesa. Vestas tornou público recentemente que teve um excelente desempenho em todas as regiões com destaque no Canadá, México, Argentina, China e Índia.

Tendo em conta a considerável carteira de encomendas e o aumento da atividade eólica offshore, Vestas irá tentar recuperar a liderança nos próximos anos.

Xinjiang Goldwind Science & Technology Co., Ltd. ficou no terceiro lugar do ranking mundial de energia eólica sendo pelo sétimo ano consecutivo o maior fabricante de aerogeradores em China, no entanto a percentagem de GoldWind no mercado mundial de novas instalações eólicas alcançou ou 10.4% no ano de 2017.

Goldwind informou que incrementou a inovação e destacou que a expansão para mercados estrangeiros e offshore foi considerável. GoldWind conseguiu alguns avanços em seis mercados considerados de emergentes como Uzbequistão, Turquia, Cazaquistão, Filipinas, Argentina e Brasil.

Por outro lado a FTI Consulting afirma que a liderança pertence à Vestas

Segundo os estudos da FTI Consulting, Vestas manteve a liderança do mercado eólico mundial em 2017 com uma quota de mercado de 16.7%, que foi resultado da estratégia de diversificação geográfica e ao sólido desempenho no mercado dos estados unidos da américa.

Segundo a FTI Consulting o mercado eólico atribuído à Vestas, com um total de novas instalações eólicas de 52.150 MW, seria de supostamente 8,7 GW, valor que situaria a Vestas atrás dos 9,4 GW de Siemens Gamesa contabilizados por GlobalData.

FTI Consulting situa a Siemens Gamesa na segunda posição da liderança com uma quota de mercado de 16,6% resultado da fusão entre Siemens Wind Power e Gamesa, com uma forte posição competitiva no mercado eólico offshore e o mercado Indiano e devido aos excelentes resultados nos Estados Unidos da América.

O fabricante chinês GoldWind manteve a terceira posição com 10.5% segundo FTI Consulting.

Na quarta posição do ranking encontra-se o fabricante GE – General Electric com a quota de marcado de 7.6% principalmente devido à perda de GE no seu mercado doméstico, onde a Vestas conseguiu posicionar-se como principal fornecedor.

Enercon manteve a quinta posição com 6.6 % aproveitando assim o crescimento sólido no mercado interno na Alemanha, onde foram instalados quase 6.7 GW no ano de 2017, valor este que tornou 2017 um ano record de novas instalações eólicas na Alemanha.

FTI Consulting destacou ainda que o fabricante Nordex Acciona subiu uma posição no ranking mundial como resultado da sua sólida posição na Alemanha e ao seu melhor desempenho nos Estados Unidos da América onde possui uma quota de mercado de 12%.

O fabricante Senvion regressou ao top 10 do ranking mundial em 2017 ao aproveitar o crescimento também no mercado Alemão.

Os restantes fabricantes presentes no top 10 do ranking mundial de energia eólica de 2017 são todos chineses como e pode observar no seguinte gráfico.

Ranking Mercado Eólico 2017 segundo FTI Consulting
Ranking TOP15 – Mercado Eólico 2017 segundo FTI Consulting

Liderança no mercado eólico em regime offshore

O mercado eólico offshore teve uma recuperação em 2017, sendo considerado um ano recorde nos mercados Europeus e Chinês. O número de novas instalações em regime offshore em Europa praticamente duplicou devido ao crescimento do offshore no Reino Unido e na Alemanha.

Siemens Gamesa manteve a liderança em 2017 com uma quota de mercado de 46%, com mais de 452 instalações na Alemanha, Reino Unido e Finlândia.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO...