Veiculo Electrico Twizy Renault

O Twizy da Renault deverá chegar a Portugal nos primeiros meses de 2012, mas já foram feitas 250 pré-reservas deste veículo eléctrico – um quadriciclo ligeiro, sem portas.

A Renault lança no final do ano o Twizy, modelo 100 por cento eléctrico que pretende revolucionar o conceito de mobilidade urbana e estará à venda a partir de €6.990.

“O Twizy vai representar uma nova forma de encarar a mobilidade urbana no futuro”, defende o director de comunicação e imagem da Renault Portugal, Ricardo Oliveira.

Um protótipo do veículo – um quadriciclo ligeiro, sem portas, não um automóvel – foi esta semana apresentado aos jornalistas em Paris, com os responsáveis da marca a destacarem a vocação do Twizy para os grandes centros urbanos.

httpv://www.youtube.com/watch?v=K7eEtqR4CEg

.

A Renault, assinalou Ricardo Oliveira à agência Lusa, vai lançar uma gama completa de veículos eléctricos “nos próximos 14 meses”, três dos quais ainda em 2011.

.

Versão de menor potência sem carta de condução

“Até final da década” o segmento dos eléctricos “pode representar uma fatia importante das vendas” da Renault, acredita o responsável da empresa, realçando que o Twizy tem já 250 pré-reservas feitas em Portugal.

“É evidente que estamos perante um conceito a que as pessoas vão ter de se habituar”, admite o director de comunicação da Renault, embora Portugal seja um país “muito bem preparado” para receber carro eléctrico, até devido aos incentivos financeiros do Estado.

httpv://www.youtube.com/watch?v=xwMW4TJ60zg

.

O Twizy será lançado em duas versões: uma com um motor de 5 CV e velocidade máxima de 45 km/h, e uma segunda com um motor de 20 CV e velocidade máxima de 80 quilómetros/hora. A versão de menor potência não requer carta de condução.

A bateria do veículo é alugada mediante um custo de 45 euros por mês, num contrato de 36 meses ou 7500 quilómetros por ano.

O Twizy começa a ser comercializado em França no final do ano e chegará a Portugal, e outros países europeus, nos primeiros meses de 2012. Por ser um quadriciclo, e não um veículo eléctrico ligeiro de passageiros, não haverá incentivos fiscais e descontos na compra do modelo da Renault.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

3 COMENTÁRIOS

  1. A questão aqui não é se ele é feio ou se aguenta as estradas do Brasil. Estes não deveriam nem ser problemas, afinal carro não deveria ser objeto de desejo de ninguém.. a mobilidade sim deve ser objeto de desejo. Feio é ficar no Brasil reduzindo imposto de carro fóssil e induzindo nossa sociedade e comprar uma das máquinas mais ineficientes ( realmente ineficientes que ganham botox e plásticas minusculas a todo ano para ganhar o pobre coração do homem) do planeta atualmente… feio é nosso governo estar omisso ao mercado do carro elétrico e ficar fazendo pesquisinha por ai sabendo que o carro elétrico é coisa de décadas atrás… feio é continuar a morar em cidades sujas, imóveis, com niveis de infelicidade crescentes… o carro elétrico nem é uma salvação assim mas se as poltiicas que ele demanda e a mudança cultura que ele exige da sociedade forem bem disseminados na ja pouco educada sociedade brasileira.. quem sabe tenhamos um futuro melhor e justo. Feio é eu querer comprar imeditamente este carro e ter de pagar um imposto de importação elevadissimo e não receber inventivo do governo. .feio é comprar carros com muito mais cavalos do que necessário dentro das cidades.. do jeito que vamos neste comportamento daqui a pouco nos vamos puxar os carros como burros de carga. Pensem nisto. A logico a politica de carros elétricos exigira que nossas estradas sejam bem construídas e solares.. a cultura do descartável vai ficar para trás.

  2. @Zohar, Verdade meu amigo, eu esqueci de mencionar isso também. Sem falar nas lombadas e quebra-molas que mais parecem colinas  atravessadas nas ruas e avenidas de tão altas e sem necessidades. Até a prefeita( cheia da grana do povo é claro) que tem um desse carrões tunados e rebaixados, já sofreu as consequencias "na pele"  com suas lombadas. 

  3. Por que alguns carros elétricos tem que ser assim tão feios. Tudo bem que necessita de materiais bem mais leves para que se tenha boa autonomia e performance excelente, mas não quer dizer que por causa disso tenha que ser ridículo. Algumas montadoras até capricham demais nos seus modelos mas esse Twizy da Renault é simplesmente HORRÍVEL. Não aceitaria nem para test drive.  Seria muito mal gosto da minha parte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui