Balões Solares

Balões solares prometiam gerar 400x mais energia que painéis solares tradicionais

A interminável busca por fontes de alternativas de energia verde, trouxeram em 2008, através da Cool Earth Solar estes “painéis solares” em forma de balão, ou globos, como lhe queiram chamar.

Na altura a ideia destes balões solares era recolher os raios de sol e convertê-los em eletricidade, tal como os painéis solares fazem. Rob Lamkin e a Cool Earth Solar desenvolveram o projeto com vista à energia alternativa e assim solucionar os seus problemas.

Chegaram a um projeto final, que era um concentrador solar, capaz de gerar eletricidade 400 vezes mais que um painel solar tradicional.

Balão Solar
Balão Solar

Na altura, também surgiu uma outra forma de gerar eletricidade parecida, mas com esferas. Alegavam mesmo que com a luz emitida pela lua também era possível gerar energia. As esferas acabaram por ser incorporadas no mundo da energia solar!

Como funcionavam os balões solares?

Balões Solares
Funcionamento dos Balões Solares

Os balões solares usavam uma camada fina, ligeira e flexível de células fotovoltaicas, num balão com cerca de 2,5 metros de diâmetro, insuflado e virado para o céu, com a metade inferior coberta de células solares e a parte superior transparente, o que permitia a entrada da luz. Este design faria com que os balões solares fossem mais eficientes que os painéis solares tradicionais.

Esta estrutura era muito mais barata que as tradicionais e limitava o uso de silício. Ao serem estruturas de concentração suspensas no ar, teriam vários usos para a produção de energia solar, mas com um impacto ambiental muito limitado.

Os balões solares chegaram mesmo a ser vistos em funcionamento em algumas instalações, facto que provou a sua eficiência.

No entanto não vingou na altura, e a procura pela energia barata continuou até ao ponto em que os painéis solares fotovoltaicos atuais serem mais eficientes que os apregoados balões solares.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui