Nanoflowcell Quantino 2019

A nanoFlowcell é uma marca protótipo do carro Quantino movido a água, neste caso a água salgada. E recentemente numa experiência o Quantino completou mais de 150 mil quilómetros em estrada tendo como combustível o recurso a água salgada.

Como Funciona a NanoFlowcell?

O funcionamento da tecnologia da nanoFlowcell é em tudo idêntico à de uma célula de combustível, só que recorre à água salgada invés do hidrogénio!

Assim, os iões positivos ficam separados dos iões negativos, sendo que ambos ao passarem por uma membrana se misturam e interagem, e é essa interação que gera energia elétrica que permite mover o automóvel!

O resultado final dessa mistura do líquido de iões gera água, tal como na célula de combustível de hidrogénio, mas tem como vantagem o facto de permitir que o veículo se movimente com zero emissões de carbono e um reabastecimento rápido!

Quando Surgiu a NanoFlowcell?

Esta é uma empresa já com algum tempo no mercado. Desde 2014 que esta empresa suiça tem vindo a desenvolver protótipos com o intuito de usarem água salgada como combustível primário.

Foram vários os protótipos desenvolvidos:

  • Desportivo e-Sportlimousine
  • Crossover Quant F
  • Compacto Quantino

Os três modelos têm sido testados em estrada, mas foi o Quantino o primeiro a mostrar a verdadeira capacidade do combustível a água salgada.

Em agosto de 2017 o modelo Quantino fez 100 mil quilómetros, sendo que agora quase ao fim de um ano fez mais 50 mil quilómetros, tendo assim um total de 150 mil quilómetros.

Nanoflowcell Quantino 2019
Nanoflowcell Quantino 2019

Outra grande meta deste veículo com combustível alternativo e zero emissões de carbono, ou seja, nada de poluição, é o facto de ter feito 1000 quilómetros durante oito horas e 21 minutos ininterruptos!

Ou seja, durante esses 1000 quilómetros não precisou de parar para atestar, o que comprava que também tem uma excelente autonomia!

Caraterísticas Quantino

Quanto às características desde compacto que está a revolucionar o mercado, é de ressalvar que permite até quatro pessoas no seu chassis, tem um motor de 80kW (cerca de 109 CV), e pesa pouco mais de 1400kg.

Ainda assim, com essas características consegue atingir a velocidade de 100km/h em pouco mais de cinco segundos!

A nanoFlowcell tem como objetivo iniciar a produção final deste modelo protótipo a curto prazo… se conseguir será uma grande revolução no mercado automóvel!

É que ainda agora começaram a surgir os veículos elétricos, e se vier um veículo com estas caraterísticas, basta irmos à beira mar para atestar o carro!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

14
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

10 Comentários da discussão
4 Respostas aos comentários
0 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
13 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
André Ludgero

É uma solução salina desenvolvida pela Nanoflowcell. Esta solução não é água do mar.
O que esta empresa tem trabalhado é no desenvolvimento desde combustível. O desenvolvimento do carro é apenas uma demonstração da capacidade do combustível.
O ponto principal é criar um novo tipo de combustível que seja mais barato de produzir, este poderá ser aplicado seja como combustível de veículos, como combustível de produção de energia eléctrica para casas, fábricas e outras aplicações.

Alexandre Pereira

Abri a página e verifiquei que não citam exatamente “qual é o sal”. Então, muito provavelmente, não é simplesmente água do mar não…

andersondeassuncao

Aguá salina, simples, água doce em um reservatório e água salgada em outro reservatório. simples cloreto de potássio, vulgo sal.

Antonio

Se é tão maravilhoso assim e sem problemas reportados, porque não começaram a produzir? Qual o custo? Existe um ditado que é: quando a esmola é grande o santo desconfia… estou achando que é isso mesmo.. algo não está sendo falado!

andersondeassuncao

Pior de tudo, tecnologia muito simples, já utilizada no inicio dos anos 1900. o problema é que não gera lucro para estatais, nem para empresas. motor e sistema com pouco índice de falhas e problemas. não dá lucro.

Adriano Ferrão

Não interessa à política fiscal dos governos e aos lobys das petrolíferas.

Allan Cristhian Kath Kipfer

Assim, na moral, no site deles, na pagina desse carro não há, se quer uma unica menção a ‘água’, ‘hydro’ nem mesmo ‘sal’! No entanto, nas especificações do mesmo, conta Litros nos tanques…(Tank volume (l): 2 x 95) somando ao total 190Litros….isso é estranho….sem fonte aqui e lá sem muitas especificações mais claras… QUE FIQUE MUITO CLARO: Não estou acusando ninguém de nada, nem o portal-energia.com nem o site deles, apenas é estranho a falta de dados deles, e consequentemente, como lá não há menção alguma, não sei de onde vocês tiraram isso, já que lá não consta nada sobre… Read more »

Jota Andrade

Seria realmente uma revolução um veículo com essa tecnologia, funcionando com combustivel alternativo “água salgada” para produzir energia elétrica, para tracioná-lo. Mas quem garante que as multinacionais do petróleo vão permitir sua produção, como fizeram com centenas de invenções que não usavam seus derivados, ao longo dos anos?