Enerocean, apresentou dois projetos eólicos offshore ao largo da ilha Gran Canaria, que vai contar com o seu aerogerador de dupla turbina.

Projetos de eólica offshore contam com inovador aerogerador de dupla turbina

A empresa de energias renováveis, Enerocean, deu a conhecer dois novos projetos de eólica offshore ao largo da ilha Gran Canaria. Tendo aproveitado estes projetos para dar a conhecer o seu aerogerador inovador, W2Power, único no mundo eólico offshore com duas turbinas.

Os projetos lançados terão como nomes: Parque Eólico Offshore Canarray I e Parque Eólico Offshore Canarray II, sendo que o primeiro terá 48MW de potência e o segundo 132MW de potência. Juntos fornecerão um total de 180MW de potência para a Gran Canaria.

O W2Power garante uma potência de 12MW devido ao facto de ter dois aerogeradores, ou seja, 6MW por turbina, e foi devido a eles que lançaram os dois projetos. No total serão instaladas 15 plataformas, 4 na Canarray I e 11 na Canarray II.

Enerocean, apresentou dois projetos eólicos offshore ao largo da ilha Gran Canaria, que vai contar com o seu aerogerador de dupla turbina.

Aerogerador eólico offshore de duas turbinas

A Enerocean deu a conhecer o seu protótipo do W2Power em abril de 2019, sendo que em junho passou a ser uma realidade e esse conseguiu ligar com sucesso um protótipo à rede.

Agora, quase dois anos depois e tendo tido bons resultados com o protótipo, a Enerocean, deu início aos seus dois primeiros projetos de eólica offshore. Outro ponto interessante é o facto de ser o primeiro parque eólico offshore com tecnologia 100% espanhola.

Outro ponto a favor da plataforma W2Power é ter um custo muito inferior, não só no desenvolvimento, mas também na sua instalação, quando comparado com outras offshore ativas.

Graças às suas duas turbinas eólicas de 6MW, garante uma maior potência de produção de eletricidade, sem necessidade de aumentar o uso de aço na construção da plataforma, convertendo-se assim numa solução flutuante de menor custo para águas profundas.

O protótipo pesa quase 40 toneladas, estando assente em torres com inclinação lateral com um desenho pensado para ser ajustada à entrada e saída do porto. A plataforma W2Power foi concebida para ser instalada em água profundas, entre 35 a 300 metros de profundidade. Facto que abre as portas para um novo negócio que era até agora impossível: o de instalar parques eólicos offshore em zonas com profundidade superior a 30 metros!

Inicialmente a empresa previa levar a cabo um projeto de 60MW, mas com os bons resultados do protótipo, decidiram-se por um investimento superior e assim apostar nos dois projetos com um total de 180MW, ou seja, o triplo da potência inicialmente prevista!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui