Caldeiras de Condensação

As caldeiras de condensação são um dos sistemas mais eficientes de geração de calor para sistemas de aquecimento e climatização.

Pois com estas caldeiras conseguimos uma grande poupança e grande eficiência energética. Mas ainda assim há algumas questões que temos que compreender de modo a conseguirmos retirar o máximo de rendimento deste sistema.

Qual o sistema que oferece o melhor rendimento para caldeiras de condensação?

Para que se tenha o fenómeno de condensação, é preciso que a temperatura dos fumos da combustão seja a mais baixa possível.

Conseguimos o máximo de rendimento, se a nossa caldeira estiver a trabalhar com um sistema de aquecimento a baixa temperatura.

Mas porquê a baixa temperatura?

Ora, os sistemas de aquecimento são constituídos por um sistema de tubos, pelos quais circula água quente até aos pontos terminais, de onde o calor passa para o ambiente. Essa água, regressa à caldeira, voltando a aquecer-se e repete o ciclo.

Sistemas que funcionam com temperaturas de retorno de água inferiores a 40ºC e com temperaturas de saída de água a 50/55ºC são considerados sistemas de aquecimento de baixa temperatura.

Assim, quanto menos temperatura for necessária para aquecer a água, menor é a temperatura que os gases da combustão atingem, implicando assim que o processo de condensação aproveite o calor latente da mudança de estado dos gases da combustão, aumentando o rendimento da caldeira!

Num sistema de aquecimento a baixa temperatura, a caldeira irá condensar a maior parte do tempo em que funciona, pelo que o seu rendimento irá aumentar, sendo assim muito mais eficiente.

Nos sistemas de aquecimento a baixa temperatura encontramos os seguintes métodos:

  • Aquecimento por piso radiante
  • Radiadores de baixa temperatura
  • Sistemas de aquecimento/climatização por ventoinhas de baixa temperatura

As caldeiras de condensação em funcionamento constante com sistemas de baixa temperatura, garantem poupanças energéticas de cerca de 30% quando comparadas com uma caldeira tradicional!

O que acontece se tiver um sistema de aquecimento com radiadores tradicionais?

As caldeiras de condensação têm sistemas de regulação de temperatura que se adaptam a todas as necessidades de aquecimento.

Assim ao se modular a geração de calor e baixar a potência, podem trabalhar com cargas parciais, aproveitando, em certos momentos, o fenómeno de condensação de fumos.

As caldeiras de condensação funcionam na perfeição em instalações com radiadores tradicionais, obtendo-se igualmente poupanças energéticas.

Por isso, na igualdade de condições, conseguimos um melhor rendimento estacional com uma caldeira de condensação do que com uma tradicional, o que se traduz em poupanças energéticas.

Caldeiras de Condensação VS Convencional
Caldeiras de Condensação VS Convencional

Estudos comparativos entre sistemas com radiadores convencionais, demonstraram uma poupança energética de 15% quando comparados com uma caldeira tradicional.

A poupança energética será mais significativa em sistemas com caldeiras centrais que funcionem durante um maior período de tempo seguido… quanto mais horas a trabalhar, melhor!

Se substituirmos os radiadores convencionais por radiadores de baixa temperatura, aumentaremos o rendimento e consequentemente a poupança de energia.

Os rendimentos que os fabricantes apontam são reais? Os de 100%?

Os rendimentos indicados pelos fabricantes nos catálogos de caldeiras de condensação são de 108-109% dizem respeito a um poder calorífico inferior, isto sem ter em conta o calor latente, do combustível.

Tratam-se assim de valores obtidos em ensaios realizados pelas próprias marcas e em condições ótimas de funcionamento.

Num sistema com caldeiras tradicionais, raramente se consegue passar a potência máxima acima de 90% (se forem caldeiras antigas, ou com fraca manutenção este valor baixa para 80% e inferior).

Parte da eficiência das caldeiras de condensação deve-se aquando trabalham a potências baixas, e por isso há que evitar arranques contínuos e paragens das caldeiras tradicionais, pois geram picos de grande consumo!

Assim, os valores reais que se devem obter de uma caldeira de condensação devem rondar os 96-97% do rendimento nominal!

Pode-se chegar a superar os 100% em sistemas onde a temperatura de impulsão da água seja baixo, devido ao sistema de aquecimento (a baixa temperatura), ou quando trabalhe a cargas parciais (30% da potência).

Recomendamos: Vantagens e desvantagens do aquecimento com recuperadores a pellets

Que outros fatores temos de ter em conta para ter o máximo de eficiência com uma caldeira de condensação?

Para se ter melhores rendimentos e poupanças com uma caldeira de condensação, há ainda que ter alguns cuidados como:

É essencial ter um sistema de regulação adequado!

  • Sistemas de regulação:
    • Permitem ter mais poupança, quanto maior seja o limite de modulação (o mais alto está em 1:10)
    • É importante ter a regulação da temperatura com crono termóstatos digitais com modulação e estes estarem instalados em lugar adequado
    • Recomendável ter um sistema de regulação com sonda exterior em vivendas
    • No caso de um sistema central, há que adequar a regulação e controlo automático da sonda exterior, com válvulas automáticas e medição das temperaturas de retorno
    • Os radiadores devem ser regulados com válvulas termoestáticas
  • O sistema deve ser usado e mantido adequadamente
  • A manutenção e instalação deve ser efetuada por profissional qualificado
  • Há que fazer manutenção periódica

Qual a temperatura fixa nas caldeiras de condensação?

Consoante o sistema de aquecimento, as temperaturas irão variar, e assim há que fixar na caldeira individualmente as seguintes temperaturas:

  • Aquecimento por piso radiante: 40ºC; Ver 1
  • Aquecimento por radiadores de baixa temperatura: 50º/45º/40º/35ºC; Ver 1 e 2
  • Aquecimento por radiadores tradicionais: 60º/65ºC; Ver 1 e 3
  • Aquecimento por radiadores tradicionais: 70º/75ºC; Ver 1 e 4
  • Águas quentes sanitárias: 40º/45ºC
  1. Supondo uma instalação correta, bem como cálculos e execução da instalação
  2. Dependendo do modelo. Há que consultar a temperatura adequada junto do fabricante
  3. Para instalações muito antigas ou sobredimensionadas
  4. Para instalações antigas ou com poucos elementos
  5. Os valores são aproximados

Qual o combustível indicado para as caldeiras de condensação?

Atualmente as caldeiras de condensação são comercializadas com os seguintes combustíveis:

  • Gás natural
  • Gás propano
  • Gasóleo
  • Biomassa (pellets)

As caldeiras de condensação foram idealizadas com o intuito de trabalhar com combustíveis com baixo conteúdo de enxofre, como o gás natural e o gás propano. Assim, a escolha do combustível será determinada pelas possibilidades do fornecedor que tenha na zona.

A tecnologia permitiu ainda o fabrico de caldeiras a gasóleo (mais poluentes e com mais conteúdo de enxofre), e atualmente há mesmo caldeiras com combustível de biomassa (pellets) que têm rendimentos semelhantes às caldeiras a gás natural e com o mesmo aproveitamento da condensação do vapor da água dos produtos de combustão!

Que tipo de instalação precisa uma caldeira de condensação?

Antes de instalar uma caldeira de condensação tem que ter em atenção se o espaço permite tal instalação…

  • Pois é necessária uma saída de evacuação de fumos. Em que o tubo de ligação tem que ser adequado, com resistência à corrosão devido à acidez da água
  • Em sistemas com potência térmica superior a 70kw deve fazer um tratamento aos condensados, antes de serem evacuados
  • Para caldeiras individuais, devem-se instalar tubos de evacuação de gases à base de materiais plásticos adequados a este tipo de equipamentos térmicos. Há que seguir as indicações do fabricante quanto a distâncias mínimas e pendentes
  • Ao substituir uma caldeira central existente, tem que avaliar o estado da tubagem de evacuação de fumos para ver se pode aproveitar ou se tem que o substituir
  • Em caso de sistemas centrais com uma única caldeira para aquecimento, há que ter atenção à forma como vai fazer a renovação da caldeira

As caldeiras de condensação são uma boa escolha?

Esta é talvez a pergunta mais importante para quem procura um sistema de aquecimento. Tanto para climatização, como para aquecimento.

As caldeiras de condensação permitem gerar calor, e são uma excelente escolha, pois permitem:

  • Grandes poupanças energéticas
  • Garantem um elevado conforto
  • Protegem o meio ambiente (emissões de enxofre baixas)
  • Reduzem as emissões de carbono para a atmosfera

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  Subscrever  
Notificação de