Parte Turbina Eólica Gamesa desabou em Piauí

O rotor de uma das turbinas eólicas Gamesa do parque eólico do Complexo Delta 1 ficou completamente destruído após separar-se da nacelle.

Parte de turbina eólica Gamesa desabou

O rotor da turbina eólica caiu no passado domingo (dia 02 de Fevereiro) desde uma altura de 100 metros.

Não foram encontrados outros danos nas restantes turbinas eólicas que constituem o parque eólico do Complexo Delta 1.

O Complexo Delta 1 está localizado no estado de Piauí e é constituído por 35 turbinas eólicas modelo G97 com 2 MW de potência e foram fabricadas pela Gamesa, este complexo eólico entrou em operação no ano 2014

O proprietário do complexo eólico, Omega Energia informou em comunicado que:

“Na tarde de domingo (02 de Fevereiro), uma estrutura soltou-se de uma das nossas turbinas eólicas no município de Ilha Grande em Piauí…

A análise da ocorrência e das operações de manutenção corretiva serão realizadas pela empresa responsável do serviço de manutenção e operação do complexo eólico, sendo que esperamos que a turbina eólica retome o funcionamento o mais rápido possível…

Informamos também que a torre que sustenta a turbina eólica e os outros componentes da nacelle não sofreram danos importantes.”

Segundo a agência Reuters, a empresa Siemens  Gamesa é atualmente a entidade responsável pelas atividades de operação e manutenção das turbinas eólicas. Foi estabelecido uma zona de segurança no perímetro da turbina eólica e está em curso uma investigação de forma a obter as razões e causas deste acontecimento.

A estrutura que aparentemente desabou é constituída pelas pás e rotor, nenhum outro componente parece ter sido afetado, no entanto a investigação seguirá o seu rumo e as causas serão encontradas.

Um particular capturou em vídeo e imagens este acontecimento, onde se pode observar a estrutura caída junto da turbina eólica.

Video – Parte de torre eólica desaba no litoral de Piauí

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui