Painéis solares transparentes

O mundo das energias renováveis continua a receber novas soluções para a produção de eletricidade. Conheça as células solares fotovoltaicas sensibilizadas por corantes, uma tecnologia que irá permitir gerar energia através de painéis solares transparentes colocados em janelas.

Painéis solares transparentes possibilitam que janelas produzam eletricidade

A produção de energia através de painéis solares aproxima-se agora de um novo capítulo. Além dos sistemas solares tradicionais, começa agora a ser desenvolvida uma nova tecnologia transparente que poderá ser aplicada em diversas situações.

Falamos das células solares sensibilizadas por corantes (DSC), uma solução a ser estudada há bastante tempo e que se apresenta como uma alternativa para o futuro derivado à sua facilidade de produção e aplicação e a uma baixa toxicidade.

O que são as células solares sensibilizadas por corantes?

As células solares sensibilizadas por corante (DSCs) são dispositivos simples capazes de converter a luz solar em eletricidade.

As DSCs são constituídas por um elétrodo revestido com um filme nano poroso de TiO2 sensibilizado por um corante, um eletrólito que contém um par redox adequado e um contra elétrodo revestido com um catalisador de platina.

A simplicidade de processamento e o baixo custo de fabrico fazem com que esta tecnologia seja uma alternativa promissora às células à base de silício presentes nos sistemas solares tradicionais.

Esta tecnologia pode ser aplicada em vários casos, sendo especialmente útil na produção de energia através de janelas, fachadas ou até no vidro do ecrã dos dispositivos móveis.

DSC permitem produção de energia através de janelas ou fachadas

Painéis Solares Transparentes - Integração em Janelas
Painéis Solares Transparentes – Integração em Janelas

Com os desenvolvimentos recentes alcançados no estudo das DSC, começam agora a surgir aplicações práticas desta tecnologia solar.

Nos últimos tempos, uma equipa de cientistas da École Polytechnique Fédérale de Lausanne, na Suíça, tem aprimorado moléculas de corantes que conseguem captar todo o espectro de luz visível, permitindo aumentar a sua rentabilidade.

As descobertas foram agora publicadas no Journal Nature, com o tema “Hydroxamic acid preadsorption raises efficiency of cosensitized solar cells“, e começaram a ser testadas num modelo comercial.

O Centro de Convenções SwissTech aplicou este sistema em janelas, transformando-as em autênticos painéis solares transparentes.

Embora a sua eficiência ainda seja inferior à dos sistemas solares tradicionais, esta nova solução apresenta excelentes perspetivas para o futuro. Tanto o seu custo de produção é baixo, como oferece uma grande flexibilidade na sua aplicação.

Além de poder ser colocado em janelas, fachadas ou outra superfície transparente, pode também servir de fonte de energia para os dispositivos móveis ao usar o vidro do ecrã para alimentar o equipamento.

Com estes painéis solares transparentes, é esperado que no futuro se consiga aumentar a área de produção de energia verde num edifício ou equipamento através de uma tecnologia mais económica e rentável.

Vídeo – Porque é que os Painéis Solares Transparentes são o Futuro?

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

3 COMENTÁRIOS

  1. 1) Qual é a opacidade da célula, isto é, qual é a percentagem de energia luminosa recebida que fica “retida” na célula para ser convertida na energia eléctrica que a célula “produz”?
    2) Qual é a eficiência da célula, ou seja, qual é a relação entre a energia elétrica fornecida e a energia luminosa absorvida?
    3) Não parece correcto afirmar que pode ser usado em ecrãs de dispositivos móveis e alimentar (mesmo que parcialmente) esses dispositivos porque isso é um moto-continuo, a obsessão de muita gente. A resposta à questão 1) dirá qual a energia luminosa retida, a qual é necessária para iluminar convenientemente o ecrã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui