Painéis solares fotovoltaicos verticais podem salvar o setor agrícola

Painéis Solares Verticais - Agrovoltaica

A prática agrovoltaica, que consiste em utilizar um terreno simultaneamente para a prática da agricultura e para a instalação de painéis solares, tem sido alvo de uma adoção cada vez maior nos últimos tempos.

A principal vantagem prende-se com a possibilidade de produzir energia limpa e renovável, ao mesmo tempo que o espaço pode continuar a ser usado para o cultivo de alimentos, não sendo nada desperdiçado.

De acordo com uma pesquisa efetuada pela Universidade do Estado do Oregon, a solução agrovoltaica tem o potencial para gerar 20% da eletricidade total produzida nos Estados Unidos, o que poderia resultar numa redução anual de 330.000 toneladas de dióxido de carbono emitido, ao mesmo tempo que o impacto nos proveitos agrícolas seria mínimo.

No entanto, para estes números serem atingidos, seria necessário que a cultura agrovoltaica ocupasse uma área de mais de 33.000 quilómetros quadrados, o que corresponde a cerca de 1% da totalidade das terras agrícolas do país…

Agrovoltaica, a instalação de painéis solares verticais

Como forma de rentabilizar melhor o espaço agrícola ocupado com painéis solares fotovoltaicos, tem-se tornado cada vez mais comum efetuar a instalação dos mesmos em orientação vertical.

Desta forma, o espaço entre as linhas de painéis pode ser mais amplo, o que facilita a movimentação de máquinas agrícolas, e também a passagem de gado.

Exemplos da instalação de painéis solares verticais

Painéis Solares Verticais
Painéis Solares Verticais

Nos Estados Unidos o dono de uma vinha instalou verticalmente 43 módulos de 450 W cada, ligados a um microinversor e a duas baterias.

Os módulos solares utilizados são bifaciais, ou seja, conseguem captar a luz solar de ambos os lados; desta forma é aumentada a produção de energia, e a altura dos painéis ao chão pode ser definida e alterada conforme as necessidades.

Um grupo de cientistas alemão estudou o potencial de instalação de painéis fotovoltaicos verticais orientados para oeste-leste, e concluíram que isso seria altamente benéfico na estabilização da rede elétrica da Alemanha, enquanto permitia que a prática agrícola continuasse o seu rumo normal, ao contrário do que acontece com a montagem comum, no solo.

No Japão foi montado pela Luxor Solar KK um sistema fotovoltaico vertical de 8,3 kW, no parque de estacionamento de uma fábrica de arroz.

Desta forma, o espaço pode continuar a ser utilizado para estacionar os carros entre os painéis, enquanto a energia produzida serve para alimentar a fábrica em questão.

Assim, rentabilizou-se uma área já desperdiçada por natureza, de uma forma bastante impactante positivamente.

Bases para o sucesso do conceito de agrovoltaica

Há alguns pontos-chave que devem ser tidos em consideração quando se procura o sucesso de uma cultura agrovoltaica:

  • O clima, que tem de ser adequado quer para a produção energética solar, quer para a prática agrícola;
  • A configuração da das infra-estruturas escolhidas, determinante para fazer incidir o máximo de luz solar nos painéis solares, por exemplo;
  • O tipo de plantações agrícolas, que tem de ser adequado à sua localização entre painéis;
  • A compatibilidade com as necessidades energéticas do destino da produção;
  • A colaboração entre as diversas entidades envolvidas no projeto em questão.

Vídeos de Projetos de Painéis solares verticais

Painéis solares verticais podem salvar e transformar o setor da agricultura

Instalação de painéis solares verticais no Japão

Leitura Recomendada: Vantagens e desvantagens dos painéis solares fotovoltaicos

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Rolar para cima