Células de Combustível

As células de combustível têm a premissa de produzir eletricidade limpa, por exemplo a partir do hidrogénio, sendo o resultado final a libertação de água como resíduo e a geração de energia.

Investigadores da Universidade de Waterloo, Canadá, acreditam ter chegado a uma nova descoberta! Estudos levados a cabo por esta equipa de investigadores concluíram que se pode tornar esta tecnologia ainda mais barata, barata o suficiente para substituir motores a gasolina ainda presentes nos automóveis híbridos.

Nova célula a combustível pode durar 10 vezes mais

O desenvolvimento desta tecnologia pode permitir que a célula a combustível dure 10 vezes mais do que a atual tecnologia. Uma melhoria que as tornará mais práticas, se produzidas em larga escala. Assim, se forem baratas e práticas o suficiente, servirão para alimentar veículos elétricos, sendo mesmo um possível substituto das baterias.

Xianguo Li, professores responsável pela equipa de investigadores, confirma tal possibilidade. Garante que com a abordagem que estão a fazer ao projeto, o custo de produção destas células a combustível pode ser comparável ou ainda mais baixo do que os motores a gasolina.

Conseguiram assim encontrar uma maneira de reduzir os custos, mas garantindo a durabilidade e desempenho, sem quaisquer emissões de gases prejudiciais à atmosfera.

Células de combustível garantem energia permanente

As atuais células a combustível possuem já grandes vantagens e neste momento já seria possível substituir os atuais motores a gasolina, responsáveis por alimentar geradores de energia que por sua vez recarregam as baterias dos híbridos, mas atualmente tal não é prático, pois são muito caras!

Células de combustível podem substituir motores a combustão nos veículos híbridos
Células de combustível podem substituir motores a combustão nos veículos híbridos

Com o desenvolvimento deste projeto, a equipa de investigadores canadiana, consegue solucionar o problema, tornando as células a combustível mais duradouras! E isso somente é possível com estas a fornecer eletricidade a nível constante e sem flutuações. Logo, elas podem ser mais simples e assim mais baratas!

Com os resultados já obtidos, consegue-se estimar que a duração das células a combustível possa ser aumentada em 11.8, 4.8 e 6.9 vezes nos vários tipos de ciclos de condução (urbano, rodoviário e misto).

Esse aumento da durabilidade da célula a combustível deve-se ao facto de a demanda de energia dos ciclos de condução em tempo real é apenas uma fração da potência máxima que as FC-PHEVs (sigla correspondente a Células a Combustível para Veículos Hibrido-Elétricos) podem fornecer, sendo que a durabilidade substancialmente maior pode ajudar a reduzir o excesso do projeto, daí o custo das células a combustível.

Há um desafio com as células de combustível, o problema da temperatura elevada

Ao se instalar mais células a combustível em veículos híbridos, estas teriam uma maior procura, sendo fabricadas em massa e em maiores quantidades.

O que significa que pelos cálculos dos investigadores, o custo de produção irá baixar o suficiente para que sejam uma alternativa credível às baterias e aos motores a gasolina. Sendo uma fonte de energia elétrica acessível, segura, confiável e limpa!

Infelizmente há um desafio ainda a ter que ser ultrapassado para que as células a combustível sejam uma verdadeira fonte de eletricidade limpa. Tem que se baixar a sua temperatura de funcionamento, pois em atividade, atinge centenas de graus centígrados, temperatura que não é comportável com locomoção automóvel!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui