Janela solar de painel duplo

Nova janela solar incorpora 3 funções: sombra, isolamento e produz eletricidade

Uma nova janela solar de painel duplo está a revolucionar a indústria. Pois tem 3 funções, permite proteger do sol, isolar perante as condições adversas e ao mesmo tempo gerar energia.

Este é resultado do laboratório Los Alamos, EUA, onde estão a desenvolver estudos para construir uma janela solar de painel duplo e com tripla aplicação:

  • Sombreamento
  • Isolar o interior
  • Capturar energia do sol e produzir eletricidade

Uma invenção que pode levar à diminuição dos custos da energia solar, segundo os impulsionadores.

Este efeito sobre os preços é baseado na arquitetura deste novo painel solar, que iria recorrer à aplicação de duas camadas de pontos quânticos de baixo custo. Obviamente que é nesses pontos que se encontra o funcionamento do equipamento. Tendo sido nele que os investigadores se debruçaram, tendo o cuidado de absorver diferentes partes do espetro solar, sendo este o segredo da ideia base.

Victor Klimov, responsável da investigação, diz que é na divisão do espetro solar que está a chave. Pois graças a essa divisão, os fotões de maior e menor energia serão processados separadamente, o que leva ao aumento da produção de energia, e assim mais eletricidade.

Também se comprovou melhorias na fotocorrente devido à arquitetura desenvolvida.

Janela solar de painel duplo - Equipa de Investigadores
Janela solar de painel duplo – Equipa de Investigadores

Desenvolve-se tudo sobre dois pontos quânticos. A camada frontal deste painel comporta os pontos quânticos com iões de manganésio, permitindo que a tecnologia seja altamente emissiva.

Absorve não só as porções azuis e ultravioletas do espetro solar como permite acabar com as perdas devido à própria absorção dos pontos quânticos.

Depois a camada posterior é composta por pontos quânticos de cobre, índio e selénio, sendo esta camada a que capta o resto do espetro solar. Assim, quando há absorção, os pontos quânticos emitem um fotão com um comprimento de onda maior, que é depois conduzida a pontos na janela onde é coletada a luz, sendo depois convertida em eletricidade.

Estas janelas têm assim o objetivo de ser um complemento à tecnologia fotovoltaica atual, sendo que os investigadores acreditam que esta tecnologia também pode ser aplicada aos painéis solares convencionais e não só à sua integração em janelas semitransparentes para edifícios.

Em qualquer dos casos, é uma solução que pode vir a revolucionar o mercado fotovoltaico, promovendo assim uma nova geração de preços mais baixos na energia solar. Além de poder também aumentar a eficiência na conversão da energia solar em eletricidade, pois o protótipo destas janelas solares teve uma taxa de eficiência de conversão na ordem dos 31%!

Os investigadores acreditam ainda que se forem usados em estruturas com mais de 2500 metros quadrados essa eficiência pode ser 100%!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui