Nova Célula Solar: JinkoSolar atinge eficiência solar recorde

Célula Solar de Perovskita

JinkoSolar alcança uma eficiência conversão recorde de 33,34% com nova célula solar tandem de perovskita e silício TOPCon.

Eficiência Solar Fotovoltaica alcança mais um importante passo

A empresa chinesa de energia fotovoltaica, JinkoSolar, atingiu um marco significativo na eficiência de conversão de energia com a sua nova célula solar tandem de perovskita/TOPCon. Este avanço representa um passo crucial na tecnologia solar, com importantes implicações para a sustentabilidade e eficiência energética.

Em 2022, a tecnologia de células solares tandem de perovskita-silício superou pela primeira vez a marca de 30% de eficiência na conversão de luz em eletricidade. Menos de dois anos depois, a JinkoSolar estabeleceu um novo recorde com uma eficiência de conversão de 33,34%.

Este feito aproxima a indústria fotovoltaica do limite teórico de eficiência de 43%

Desde a sua introdução em 2013, os fotovoltaicos tandem de perovskita/silício têm sido uma das abordagens mais promissoras para aumentar a eficiência solar sem a necessidade de concentradores e mantendo uma produção economicamente viável. A chave desta tecnologia reside em combinar semicondutores com diferentes larguras de banda num único dispositivo, ampliando assim a porção do espectro solar que pode ser aproveitada.

Numa célula solar tandem, o silício utiliza eficientemente os fotões de baixa energia, enquanto as perovskitas podem ser ajustadas para absorver o extremo de maior frequência do espectro. Esta combinação permite um uso mais completo da luz solar e, portanto, uma maior eficiência na geração de eletricidade.

A Tecnologia que permite este recorde

O recorde anterior de eficiência para células tandem de perovskita/silício era de 33,9%, alcançado pela Longi em novembro de 2023. No entanto, a JinkoSolar conseguiu uma façanha notável com a sua célula solar tandem de perovskita/TOPCon do tipo N, atingindo uma eficiência de 33,34%.

A tecnologia TOPCon (Tunneling Oxide Passivated Contact) é um componente chave neste avanço. Esta tecnologia utiliza uma fina camada de óxido de silício para criar uma junção túnel que melhora o transporte e a recolha de eletrões, reduzindo as taxas de recombinação. Além disso, as células TOPCon funcionam eficazmente mesmo em condições de baixa iluminação.

Novo painel solar ultrapassa limite de eficiência solar teórico

JinkoSolar e as inovações tecnológicas

A célula solar tandem de perovskita/TOPCon da JinkoSolar utiliza uma unidade TOPCon monocristalina de alta eficiência como célula inferior.

A JinkoSolar incorporou várias inovações tecnológicas, como uma tecnologia de contacto passivado em silício policristalino ultrafino, uma nova tecnologia de captura de luz e uma camada de recombinação intermédia com alta transmissão luminosa e elevada mobilidade dos portadores.

Estas inovações permitiram à JinkoSolar melhorar significativamente o desempenho das suas células solares, estabelecendo um novo padrão na indústria.

Estas inovações permitiram à JinkoSolar melhorar significativamente o desempenho das suas células solares, estabelecendo um novo padrão na indústria.

Quais são as perspetivas futuras para a tecnologia solar fotovoltaica?

Segundo Jin Hao, atual CTO da JinkoSolar, esta conquista não só demonstra a capacidade de inovação tecnológica da empresa, mas também estabelece uma base sólida para desenvolvimentos futuros.

A célula solar tandem de perovskita/TOPCon da JinkoSolar é um testemunho do compromisso contínuo da empresa em explorar os limites tecnológicos e melhorar a eficiência energética.

Em resumo, este avanço da JinkoSolar representa um passo importante rumo a uma maior eficiência e sustentabilidade na energia solar, beneficiando tanto a indústria quanto o meio ambiente.

Vídeo – Introdução às células Solares Tandem de Perovskita

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Rolar para cima