Contra energia solar fotovoltaica

A energia solar tem tudo para ser a principal fonte de energia no Brasil, pois provavelmente nenhum país tem características tão boas para esse tipo de energia. O Brasil está localizado na linha do Equador, o que o confere uma incidência enorme de sol o ano todo.

O país é muito grande, o quarto do mundo em terras contíguas, e essa terra não é super povoada, pois entre os países com áreas tropicais e temperadas, nenhum outro dentre os grandes tem uma população de apenas 213 milhões de pessoas como o Brasil.

A China, por exemplo, que é um país maior que o Brasil, tem uma superpopulação, e que ocupa o interior, diferente do Brasil, que além de ter uma população menor, tem ela concentrada nas capitais e grandes cidades.

Apesar disso, certos interesses impedem que o Brasil desfrute de todo o seu potencial solar, e a ABSOLAR, Associação Brasileira de Energia Solar, denuncia esses interesses. Aqui você vai entender melhor o que está ocorrendo.

Obstáculos para o aumento da energia solar no Brasil

Existe um lobby do velho setor elétrico, representado por entidades que representam as distribuidoras, que colocam obstáculos no desenvolvimento da energia solar. Elas fazem isso buscando pressionar autoridades a retroagir de novas regulamentações que visam impulsionar o mercado de energia solar.

O que move o mundo é o motivo dessas empresas, o dinheiro. Como a energia solar está se desenvolvendo ao mesmo tempo em que liberta as pessoas, já que você mesmo pode produzir através das células solares a sua própria energia e até vender o excedente, o que coloca os lucros das empresas que se acostumaram a serem essenciais e monopolizadoras em risco, essas empresas age contra o progresso.

A desculpa é que as regras novas permitem que os consumidores com geração distribuída tenham subsídios que seriam de 0,1% por cada 50 mil unidades consumidoras, e precisaria haver aumento nos gastos com a rede de distribuição para esses consumidores. Mas esses números são mentirosos. Os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) indicam que a perda das distribuidoras não chega a 0,1% a cada 150 mil unidades consumidoras até 2020.

O impacto no pagamento de tarifas médias seria de menos de 1% para os consumidores, bem menos do que os aumentos recorrentes de tarifas. As distribuidoras alcançaram uma receita bruta de 243 milhões de reais em 2017, e devem arrecadar ainda mais até o fim desde ano. O aumento desse ano deve chegar a valores próximos a 15%, uma conta muito pesada para o consumidor.

Potencial crescimento - Energias Renováveis no Brasil
Potencial crescimento – Energias Renováveis no Brasil

Atualmente existem apenas 44 mil sistemas de geração solar distribuída no Brasil, ou 0,05% do total, e esse valor vai chegar a somente 880 mil até 2024, ainda menos de 1% do total.

Isso significa que as empresas não deveriam se preocupar com essa proporção, já que o aumento no número de consumidores totais da rede é de 1,8 milhão por ano, muito mais do que o crescimento da energia solar.

A geração individual de energia solar faz com que não se precise investir em fiação e reforço da rede, já que cada um produz a própria energia. Os benefícios são para os consumidores que usam energia solar, mas também para os que não usam, já que esses investimentos de aumento de rede de distribuição acabam sendo descontados na conta dos consumidores em geral.

Um exemplo de como a geração individual é positiva é a Califórnia, onde os investimentos da população em geração distribuída trouxeram uma economia de quase três bilhões de dólares para os consumidores daquele estado.

Isso graças ao cancelamento de 20 projetos de transmissão energética, que não precisaram mais ser implantados, já que as pessoas já estavam produzindo a própria energia, e a redução de 21 projetos de reforço de rede que já existiam, pois ao invés de aumentar o consumo da rede, as pessoas começaram a produzir em casa a energia e até revender.

Como a produção de energia solar é modular, um consumidor, mesmo de baixa renda, pode ter as suas próprias células de produção, e até em programas como o minha casa minha vida, estão sendo colocados painéis solares, em projetos como o CDHU-SP, por exemplo. O melhor de tudo é o poder e a liberdade trazidos pela energia solar individual para o consumidor.

90% dos brasileiros sonham em gerar a própria energia, e os entes públicos devem ajudar a realizar essa meta, e não obstaculizar a vontade individual das pessoas, prejudicando assim o país. A energia solar traz muitos benefícios, ajudando a desenvolver o país, gerar empregos, proteger o meio ambiente e trazer economia para as pessoas.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

6
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

6 Comentários da discussão
0 Respostas aos comentários
6 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
6 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
Mair Beltrame

Divulgar nas mídias para conhecimento da população do cartel que trabalha contra o futuro pois as hidrelétricas são limitadas pelo reservatório x consumo nem falar de termoelétrica… custos .

Flávio

A geração de energia fotovoltaica, é o melhor investimento a médio prazo, considerando os constantes aumento de energia.

João José de souza

Eu gostei desta energia solar eu quero colocar em casa …achei legal ….só que éu acho que fica caro

Manoel Lemos

Disponibilizo de áreas abertas na região metropolitana de Salvador onde podem ser consideradas JAZIDAS SOLARES geradoras de energia solar. O custo do metro quadrado é muito baixo, dada a grande dimensão disponível. Opção de áreas rurais de proximidade com as linhas de transmissão e distribuição que facilitam a inserção e alimentação para o sistema CHESF/COELBA. Dispoonibilizo de empresas desativadas com áreas de 130.000m2 para fabricação de placas solares, utilizando o silício e quartzo em grande quantidade existente no estado da Bahia. Interessante para empresas chinesas para se instalares no estado da Bahia, que fornecem grandes quantidades de placas solares para… Read more »

Djalma Pereira miguel

Precisaria saber…..quando usaríamos o novo contador que gera o débito e o crédito a concessionária visa em cobrar os impostos e taxas que chegaria em média são 100, se for real isso, é o modo de sermos refém do governo e até quando?