Jinko Solar ultrapassa Trina Solar na liderança do fabrico de painéis solares fotovoltaicos em 2016

O fabricante de painéis solares fotovoltaicos Trina Solar, com sede na China, já não se pode auto proclamar como o fornecedor líder mundial de energia solar, pois foi ultrapassado pelo seu concorrente, também ele chinês, a Jinko Solar, segundo os novos dados divulgados pela consultora GlobalData.

Há um ano atrás, em 2015, a GlobalData, confirmou que o fabricante chinês de energia solar fotovoltaica Trina Solar, tinha mantido o seu primeiro lugar como produtor mundial de módulos solares fotovoltaicos, produzindo cerca de 4,55 gigawatts (GW) de módulos cristalinos, à frente da Canadian Solar e da Jinko Solar.

Em 2016, os números mudaram, bem como a posição na tabela classificativa, e agora é a Jinko Solar que é líder deste mercado, fabricando entre 6,6 a 6,7 GW de módulos fotovoltaicos em comparação com os 6,3 a 6,5 GW da sua concorrente direta, a Trina Solar. A Canadian Solar ficou na terceira posição, na faixa dos 5 a 5,1 GW de módulos solares fotovoltaicos.

Segundo Ankit Mathur, “A Jinko Solar testemunhou resultados impressionantes em 2016, com os módulos fotovoltaicos da empresa obtendo a certificação de eficiência energética do nível Top Quality Runner do China Quality Certification Center, que demonstra a sua qualidade tecnológica”.

Laboratório de Qualidade da Jinko Solar
Laboratório de Qualidade da Jinko Solar

A GlobalData ainda acrescentou que foram os esforços da Jinko Solar para se expandir para uma ampla base de clientes e geograficamente diversificada que permitiram alavancar os seus produtos solares inovadores e de alta qualidade.

O forte crescimento da Jinko Solar foi visível durante todo o ano de 2016, um começo impressionante logo no início do ano e ganhos trimestrais fortes permitiram que a Jinko Solar alcançasse o volume de vendas de painéis solares fotovoltaicos líder a nível mundial

Trina Solar não teve um ano que se possa dizer de má qualidade, mas houve vários resultados ao longo de 2016 sem grande brilho, o que definitivamente impediu a empresa de manter o título como líder mundial no fornecimento de painéis solares fotovoltaicos.

Os restantes fabricantes de painéis solares fotovoltaicos estão classificados da seguinte forma:

  • JA Solar em 4º lugar com 4,9 a 5GW;
  • Hanwha Q CELLS em 5º lugar com 4,8 a 5 GW;
  • GCL System Integration Technology em 6º lugar com 4,6 a 5 GW;
  • First Solar ficou em sétimo Lugar com 2.8 a 2.9 GW.

No entanto, o mais dececionante até ao ano passado, em 2016, foi o desempenho da Yingli Solar, que continuou a perder posições e ficando ainda mais abaixo da classificação. Isto foi destacado em Dezembro de 2016 , quando a empresa foi forçada a relatar um pobre terceiro trimestre e pouca orientação na sua estratégia empresarial em 2016.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO...