Painéis Solares

40 anos depois de terem sido inventados, cientistas descobriram uma falha fundamental na eficiência dos painéis solares!

É emergente descobrir como melhorar ainda mais a eficiência dos painéis solares e a descoberta desta falha, pode ajudar a contornar esse obstáculo!

Equipa de cientistas descobre falha fundamental dos painéis solares

A equipa de investigadores descobriu um defeito de material no silício usado para produzir as células solares que pode ser o responsável pela queda de eficiência em 2% nas primeiras horas de uso.

A esse fenómeno foi dado o nome de Degradação Induzida pela Luz (LID).

Efeito LID nos painéis solares
Diagrama de blocos do defeito LID nos painéis solares

2% parece ser um número insignificante, mas se o multiplicarmos pelo número de painéis solares existentes no mundo, essa quebra de eficiência é equivalente a um custo muito significativo em GW! Perda que foi estimada à energia produzida pelas 15 centrais nucleares no Reino Unido!

Por esse motivo, esta nova descoberta pode vir a ajudar os cientistas a compensar parte dessa quebra de eficiência. Diz Tony Parker, investigador da Universidade de Manchester, Reino Unido!

O mistério foi descoberto ao fim de 40 anos e com recurso a espectroscopia transitória de nível profundo (DLTS) pela universidade britânica. Esta é uma técnica elétrica e ótica, que permitiu descobrir pontos fracos no silício!

Segundo os investigadores, à medida que a carga eletrónica presente nas células solares é convertida pela luz solar, os eletrões ficam “presos”, não havendo fluxo, o que se traduz numa redução da produção de energia elétrica. Um defeito que permanece ativo até que o painel solar atinja a temperatura máxima!

O estudo, publicado no Journal of Applied Physics, os investigadores dizem ainda que o silício de maior qualidade tem portadores de carga (eletrões que levam a energia do fotão) com uma maior vida útil, o que apenas confirma que estas “armadilhas” estão diretamente ligadas à degradação da eficiência!

O objetivo agora passa por aumentar as taxas de eficiência dos painéis solares tendo por base esta descoberta!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui