Produzir energia solar sem sol

Cada vez mais faz sentido investir em painéis solares nas habitações, pois existem várias soluções de produção de energia, bem como armazenamento da mesma.

E o futuro parece ainda mais risonho, com o desenvolvimento de tecnologia capaz de produzir energia sem sol.

A esse sistema capaz de produzir energia solar sem sol dá-se o nome de Neutrinovoltaico e foi desenvolvida pelo grupo alemão Neutrino Energy!

Produção de energia no máximo durante o verão

Sem dúvida que é durante o verão que os sistemas fotovoltaicos conseguem pagar-se a sim mesmo. Não significa que entre novembro e maio a produção de energia pare, mas a verdade é que no verão, ou seja, de junho a outubro, a energia produzida é 3 vezes superior à do inverno!

Logo os maiores picos de produção de energia vêem-se nesses meses e são esses os meses responsáveis pelo abatimento do investimento!

Em Portugal temos o caso de neve em algumas localidades do interior, logo os painéis solares durante os meses de inverno, como estão cobertos por neve, não conseguem produzir energia. Logo o rendimento do painel solar é praticamente nulo!

Vejamos um exemplo na Alemanha

Em novembro, a produção de um sistema fotovoltaico com potência de 5 kWp é de 17 kWh, em dezembro é 19 kWh e em janeiro 27 kWh. Em junho esses valores sobem para 125 kWh!

Há ainda a considerar o número de painéis a instalar para atingir estes níveis de produção.

Será necessário entre 5 e 7 painéis para se atingir a potência nominal de 1 kW, e nem todas as habitações têm este espaço disponível para colocar esse número de painéis solares!

Armazenar no verão para usar no inverno?

Será uma solução. Armazenar a energia produzida durante o verão para consumir parte no inverno, só que apenas funciona na teoria, na prática não é viável! Principalmente em todas as casas.

É que uma bateria de armazenamento, nomeadamente de chumbo-ácido ou de iões de lítio pode ter o tamanho de um frigorífico, tendo também um custo demasiado elevado e incomportável para a maioria das carteiras!

Solução encontrada? Neutrinovoltaico

A solução desenvolvida pelo Grupo Neutrino Energy parece ir de encontro à resolução dos problemas da sazonalidade da produção de energia. Sendo também favorável no preço e espaço necessário à sua aplicação!

Tecnologia NeutrinoVoltaico - O futuro para um mundo sustentável
Tecnologia NeutrinoVoltaico – O futuro para um mundo sustentável

O neutrinovoltaico recorre a todas as partículas de radiação não visível que que chegam à Terra do espaço exterior, mas também da hidroeletricidade que é criada de forma artificial.

Esta solução é possível devido ao desenvolvimento de um novo metamaterial composto por camadas dopadas de silício e grafite. Em que a radiação invisível chega a esse material, fazendo com que os átomos entrem em vibração.

Depois, as vibrações atómicas são otimizadas horizontalmente e verticalmente ao longo da estruturação geométrica das camadas de grafite e silício, e depois amplificadas até poderem ser removidas da superfície como corrente elétrica contínua!

Os investigadores afirmam que recorrendo a uma película de alta performance, revestida com o principio neutrinovoltaico, e simplesmente com o tamanho de uma folha A4, se consegue uma produção de energia de 2,7 W!

Tecnologia demonstrou o melhor desempenho na captação de energia

Uma camada superior para interagir o ambiente é suficiente, mas se forem usados painéis empilhados, cria-se um efeito de profundidade. Assim os painéis de neutrinovoltaico empilhados, criam esse efeito de profundidade, interagindo também com as camadas inferiores.

Acaba por ser um “power pack” do tamanho de uma resma de papel, possível de gerar eletricidade. Em condições controladas (laboratório), com este sistema, gerou-se cerca de 1,25 a 1,5 kW.

Outros testes vieram confirmar a eficácia deste método sob a superfície da Terra. Houve mesmo testes num poço no maciço suíço de São Gotardo, em que os painéis com neutrinovoltaico se encontravam a mais de 40 metros da superfície terrestre.

Como resultado desse teste, os investigadores obtiveram sucesso, mesmo com a proteção absoluta das fontes de radiação artificial.

Video – Comparação da tecnologia Neutrinovoltaico com as células solares fotovoltaicas

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

1 COMENTÁRIO

  1. Será que os eternos inventores, dos mitológicos motores de energia livre, de energia infinita, moto contínuo e outras impossibilidades, dessa vez mudaram a roupagem de seus contos de fadas?O texto diz, que com um dispositivo do tamanho de uma resma de papel, conseguiram gerar até 1,5 kW!Fico me perguntando o seguinte:Se a gente vivesse MESMO, em um oceano invisível de neutrinos, com TANTA energia como é dito nessa matéria, isso não iria danificar nossos corpos?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui