energia-nuclear

A produção de energia nuclear consiste na divisão de um átomo, usando materiais altamente radioativos, como o urânio.

Como funciona a energia nuclear

Pode obter-se energia nuclear através de dois processos: fusão nuclear ou cisão nuclear. No primeiro caso há a junção de dois núcleos; no segundo, o núcleo é bombardeado com partículas menores ocorrendo a sua fragmentação.

A energia nuclear pode ser usada para produzir eletricidade. É o que fazem as centrais nucleares usando a cisão nuclear. Já as estrelas como o sol usam a junção nuclear para produzir energia.

Na cisão nuclear, os dois tipos de recursos energéticos usados para produzir energia nuclear são o Urânio e o Tório. Destes dois minérios radioativos, o Urânio é o mais utilizado e, consequentemente, o mais conhecido.

Foi durante a Segunda Guerra Mundial que a energia nuclear mostrou o seu lado mais negro. As bombas atómicas foram, sem dúvida, motivo mais do que suficiente para tornar esta forma de produção de energia assustadora.

Os acidentes nucleares são outra realidade que, pelos danos que podem causar, tornam-se muito penosas. E infelizmente já se registaram vários acidentes e alguns marcaram a história, o planeta e as pessoas como foi o caso de Chernobyl.

O dia em que um reator explodiu durante um teste de segurança

26 de abril de 1986 é a data que todos desejariam apagar da história.

Foi em Chernobyl, Ucrânia que um reator explodiu durante um teste de segurança.

O reator número 4 provocou a maior catástrofe nuclear registada até aos dias de hoje. O acidente recebeu a classificação máxima, da escala internacional de eventos nucleares, que vai de 0 a 7.

Central Nuclear
Central Nuclear

O combustível nuclear queimou durante 10 dias, matou mais de 25 mil pessoas e libertou para a atmosfera radionuclídeos numa proporção equivalente a mais de 200 bombas atómicas iguais às que caíram em Hiroshima. Toda a Europa sofreu com este acidente e estima-se que três quartos tenham ficado contaminados.

Outros acidentes foram registados antes de 1986 e outros ocorreram nos últimos anos em diferentes países do mundo e com diferentes níveis de gravidade, no entanto, o de Chernobyl foi efetivamente uma catástrofe a uma escala global.

No entanto, é importante referir que a energia nuclear tem vantagens, apesar deste perigo eminente quando algo falha ou quando usada de forma mal-intencionada, veja mais sobre as vantagens e desvantagens da utilização da energia nuclear.

Cerca de 18% das necessidades mundiais de eletricidade são supridas através da energia nuclear (note-se que a energia produzida através de combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo geram dióxido de carbono, o que não acontece com a energia nuclear).

A energia nuclear é aplicada na indústria, medicina, agropecuária e ambiente.

Por que a energia nuclear não é renovável?

No caso da energia nuclear de fissão, são necessários materiais que sabemos que são escassos. Elementos pesados ​​como o urânio, por exemplo. Com o nosso atual nível de conhecimento, parece ser um recurso escasso, e é por isso que o chamamos de “não-renovável.

A situação mudará quando usarmos energia de fusão nuclear, que funcionará de forma plausível com os nossos depósitos de hidrogénio. Já que temos quantidades abundantes disso nos mares, por enquanto não a chamaríamos de “não-renovável”.

Exemplos da chamada “energia renovável”, como a luz solar, também são finitos e em algum momento estarão esgotados, mas como temos o Sol por alguns bilhões de anos, excedendo muito as escalas humanas, fizemos que é “renovável” embora como qualquer outra coisa no universo, ela está a ser consumida de acordo com um ciclo natural.

Explosão na Central Nuclear de Fukushima
Explosão na Central Nuclear de Fukushima

Principais vantagens e desvantagens da energia solar

Vantagens da energia nuclear

Embora tenha conotações negativas, por causa das notícias e até filmes sobre acidentes e resíduos radioativos, a realidade é que a energia nuclear tem muitas vantagens.

Vantagens mais importantes da energia Solar:

  • A energia nuclear é limpa durante a sua produção.
    • De facto, a maioria dos reatores nucleares emitem apenas vapor de água inofensivo para a atmosfera. Nem CO2, nem metano, nem qualquer outro gás poluente ou que contribua para a mudança climática.
  • A produção de energia nuclear é barata.
    • Uma enorme quantidade de energia pode ser gerada com apenas uma planta, devido ao grande poder da energia nuclear.
  • A energia nuclear é praticamente inesgotável.
    • Na verdade, há especialistas que consideram que devemos classificá-la como renovável, dado que as atuais reservas de urânio continuariam a produzir a mesma energia que há milhares de anos.
  • A produção de energia nuclear é constante.
    • Ao contrário de muitas fontes renováveis ​​(como a solar que não pode ser gerada à noite ou o vento que não pode ser gerado sem vento), a sua produção é enorme e constante durante centenas de dias seguidos. 90% do ano, excluindo recargas programadas e paradas para manutenção.

Desvantagens da energia nuclear

Apesar de tudo o que foi dito, a energia nuclear também tem grandes desvantagens.

Referimos as principais desvantagens da energia nuclear

  • O lixo produzido pela energia nuclear é muito perigoso.
    • Tanto para a saúde como para o meio ambiente em geral. Os resíduos radioativos são muito poluentes, mortais e levam milhares de anos a degradar, o que torna a sua gestão muito delicada. Na verdade, é um problema que ainda não resolvemos.
  • Os acidentes podem ser muito sérios.
    • As centrais nucleares estão equipadas com grandes medidas de segurança, mas podem ocorrer acidentes e, nesse caso, podem ser muito graves. A Ilha dos Três Quilómetros nos Estados Unidos, Fukushima no Japão ou Chernobyl na antiga União Soviética são exemplos do que pode acontecer.
  • Tanto para desastres naturais quanto para atos terroristas, uma central nuclear é um alvo que pode causar danos enormes se for destruído ou danificado.

Video – Dentro do interior do reator nuclear de Chernobyl

Como podemos ver, as desvantagens podem não ser muitas, mas muito sérias. Isso faz com que a perceção da energia nuclear não seja muito positiva.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui