energia-eolica-brasil

Há muitos anos que a conservação do meio ambiente gera preocupação, pois, é muita poluição, desmatamento, desperdício de água, exploração de recursos naturais, mortes de animais e tudo isso nos leva a destruição do nosso planeta Terra.

Uma das formas de cuidar do mundo em que vivemos é apostar nas energias renováveis, ou seja, que não tem fim e que não prejudicam a natureza. Entre as energias limpas mais indicadas está a eólica que é feita por meio do vento.

Energia eólica brasileira sobe 7 posições no ranking do conselho mundial pois ultrapassou 14 GW de capacidade

A energia eólica brasileira está indo muito bem, pois, recentemente ela atingiu 14,34 GW de capacidade instalada, isso é graças aos 568 parques eólicos e mais de 7 mil aerogeradores localizados em 12 estados brasileiros. Para se ter uma ideia, essa é a capacidade da maior usina hidrelétrica do Brasil, ou seja, a usina de Itaipu.

De acordo com a presidente executiva da Abeeólica (Associação Brasileira de Energia Eólica), de 2010 a 2017 foram investidos mais de 30 bilhões de dólares no Brasil, que favoreceram um crescimento na geração de 1 GW em 2011 para os 14 GW atuais, totalmente conectados à rede de transmissão.

Crescimento no ranking do conselho mundial

Segundo o GWEC (Conselho Mundial de Energia Eólica), o nosso país subiu da 15ª posição, no ano de 2012, para a 8ª, em 2017, no ranking da capacidade instalada e sua importância no mercado energético brasileiro só faz aumentar. O boletim de setembro do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a energia dos ventos bateu o recorde de mais de 13% de atendimento do SIN (Sistema Interligado Nacional).

O crescimento de 19% na geração em relação ao mesmo período do ano passado até agosto, foi anunciado pelo Infomercado Mensal da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), que também divulgou que o mês de agosto foi o recorde em produção de energia eólica com uma produção de mais de 7 MW. Esse aumento fez com que a região Nordeste, deixasse de ser importadora de energia e passasse a ser exportadora.

Projetos futuros

Em decorrer dos leilões que já foram feitos e das negociações no mercado, a estimativa da Abeeólica é que sejam instalados mais de 4,46 GW em 186 novos parques eólicos, aumentando a capacidade para 18,80 GW, mas novos leilões são esperados no ano que vem.

O certo é que a utilização da energia eólica, assim como a solar só tende a aumentar cada vez mais e assim tornar nosso planeta mais saudável.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  Subscrever  
Notificação de