Central do Termoelétrica do Pego

Júri deu à Endesa a melhor pontuação entre as seis candidatas

O concurso para a conversão da Central do Termoelétrica do Pego, Abrantes (concelho de Santarém) parece estar destinado à Endesa, depois de os jurados lhe terem atribuído a melhor pontuação entre as seis propostas participantes.

A Endesa garante não ter “dúvidas sobre a solidez do projeto apresentado que compreende não só a instalação de uma importante capacidade de produção renovável, mas também um plano socioeconómico de criação de valor partilhado na região”.

Um projeto que segundo a empresa se enquadra no seu compromisso de crescer as energias renováveis e com uma descarbonização justa e equitativa.

Pontuação mais elevada

A proposta indicada pela empresa espanhola obteve dos jurados uma pontuação de 3,72, ultrapassando as propostas da Tejo Energia SA, EDP Renováveis, Greenvolt, Brookfield Ltd & Bondalti SA e Voltalia SA.

Sendo que a Tejo Energia ficou em segundo lugar, com 3,27. O concurso vai para a audiência de interessados, o que irá permitir que todas as candidatas possam contestar a avaliação do painel de jurados.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui