Célula Solar Fotovoltaica Biogénica
Célula Solar Fotovoltaica Biogénica

Investigadores fizeram uma grande descoberta que se baseia numa forma barata e sustentável de construir uma célula solar fotovoltaica usando bactérias vivas, que são capazes de converter a luz em energia, assim surge a biocélula solar.

A biocélula solar conseguiu produzir uma corrente superior em mais do dobro quando comparado com outros dispositivos semelhantes, a biocélula funcionou de forma eficiente com uma luz equivalente à luz solar mas também em condições semelhantes a um dia completamente nublado.

O futuro da célula solar biogénica

Ainda é necessário desenvolvimento e continuação das investigações, estas células denominadas de biogénicas, pois são constituídas de organismos vivos, mas aparentemente o potencial destas células é enorme e poderá ser superior às células solares fotovoltaicas convencionais usadas nos painéis solares comuns.

Em investigações anteriores para desenvolver células solares biogénicas concentraram-se na extração de um corante natural que as bactérias usam para a fotossíntese, este processo é caro, complexo e envolve solventes tóxicos que podem causar a degradação do corante.

Sarvesh Srivastava, pertencente à Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, decidiu deixar o corante nas bactérias.

Célula Solar Fotovoltaica Biogénica
Célula Solar Fotovoltaica Biogénica – Imagem: S. K. Srivastava et al. – 10.1002/smll.201800729

Foi descoberto que o segredo da biocélula solar está no corante licopeno, a mesma substância responsável pela cor por exemplo do tomate.

Substância responsável pela conversão da energia

Sarvesh Srivastava conseguiu modificar geneticamente as bactérias E. coli para produzir grandes quantidades de licopeno, um corante que dá aos tomates a sua cor vermelho-alaranjada.

Escherichia coli (E. Coli), esta bactéria pode crescer e ser cultivada facilmente e a baixo custo em laboratório, e tem sido intensamente investigada há mais de 60 anos.

Assim, pode-se dizer que a E. coli é o organismo modelo procariota mais estudado, e uma importante espécie no campo da biotecnologia e microbiologia, onde serviu como organismo hóspede para a maioria dos trabalhos sobre o ADN recombinante.

A E. Coli Em condições favoráveis, leva apenas 20 minutos para se reproduzir.

O licopeno é particularmente eficaz na absorção de luz para posterior conversão em energia. As bactérias foram revestidas com um mineral que funciona como um semicondutor e, em seguida, a mistura foi aplicada a uma superfície de vidro.

Célula Solar Fotovoltaica Biogénica
Célula Solar Fotovoltaica Biogénica – Esquema

A célula solar biogénica alcançou uma densidade de corrente de 0,686 miliamperes por centímetro quadrado usando um vidro revestido agindo como um anodo. Esta foi uma melhoria significativa em relação aos 0,362 obtidos na investigação anterior.

O coordenador do projeto Vikramaditya Yadav afirmou:

“Nós conseguimos obter a mais alta densidade de corrente para uma célula solar biogénica. Esses materiais híbridos que estamos a desenvolver podem ser fabricados economicamente e sustentavelmente…”

“Se conseguirmos otimizar o processo o suficiente, as células biogénicas poderão funcionar com eficiência semelhante às células solares convencionais”.

A redução de custos é difícil de estimar, no entanto Yadav acredita que o processo reduz o custo da produção de corantes para cerca de um décimo em relação aos atuais métodos.

A grande descoberta seria, afirmou Vikramaditya Yadav, seria encontrar a forma que não mate as bactérias, para assim elas produzirem o corante de indefinidamente.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  Subscrever  
Notificação de