Carros elétricos Nissan vão ficar mais baratos

Carros Elétricos Nissan

A afirmação é da Nissan, que indica que os seus carros elétricos irão ter o mesmo custo que os carros a combustão, mas só por 2030.

Nissan tem como objetivo a descida dos preços dos carros elétricos

A nipónica produtora de carros, anunciou que o objetivo da empresa para os próximos 7 anos é baixar os preços dos seus carros.

Os objetivos passam por tornar os seus elétricos ainda mais baratos, tendo dado como meta o ano de 2030 para que estes sejam vendidos ao mesmo valor dos carros a combustão.

Em 2026, a empresa conta que os seus carros híbridos atinjam esses valores.

Esta “paridade de preços” será possível de atingir devido aos avanços tecnológicos que se tem vindo a atingir nos últimos anos no segmento dos carros elétricos. Avanço que se traduzirá já em 2026 aquando da paridade de preços para com os carros híbridos.

Os híbridos Nissan têm um motor a combustão como gerador de eletricidade para os motores que operam as rodas.

Atualmente, a Nissan, cobra cerca de 4000€ a mais para a sua tecnologia elétrica (e-Power) ser aplicada ao Nissan X-Trail SUV, enquanto as demais marcas de veículos elétricos cobra quase 50% mais do valor dos carros a combustão.

Akihiro Shibuya, director de engenharia da Nissan, deu a conhecer em maior detalhe os planos da empresa em partilhar os componentes entre os seus modelos de carros híbridos e elétricos, o que lhes vai permitir reduzir ainda mais o preço final de venda ao consumidor.

Pontos chave para carros elétricos custarem o mesmo que carros a combustão

Carro Elétrico - Nissan Sakura
Carro Elétrico – Nissan Sakura

Segundo Akihiro Shibuya, existem três abordagens possíveis para conseguir a tal paridade de preços entre as duas tecnologias de carros e assim, globalizar a eletrificação dos carros.

As premissas chave indicadas pelo diretor da Nissan são:

  • Padronização de peças
  • Modularização de peças
  • Evolução da tecnologia (tais como redução de metais raros e por outros de maior produção/densidade)

Quando temos um motor (elétrico) a auxiliar o motor, as partes comuns entre o motor e o resto do veículo elétrico não existem.

Quanto ao carro híbrido da Nissan, este, tem várias especificações que correspondem a muitas partes em comum com os carros elétricos, em que o motor elétrico é o responsável pela propulsão das rodas, tal como num carro 100% elétrico.

Outra estratégia de poder poupar é reduzir a quantidade de metais raros usados nos vários componentes do carro elétrico, nomeadamente motor e baterias, optando por outros de igual capacidade, mas maior densidade e mais baratos.

A própria Nissan diz que desde 2019 já reduziu cerca de 30% do preço dos seus carros elétricos.

De lembrar que a Nissan foi das marcas pioneiras a lançar para o mercado os carros elétricos, como o Nissan Leaf em 2010, mas nos últimos anos, tem vindo a perder a liderança dos elétricos para outras marcas europeias e sul coreanas.

Ver mais notícias sobre carros elétricos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Rolar para cima