Carro Eletrico Brasileiro Mobilis LI

A cada dia mais pessoas estão preocupadas com o meio ambiente, pois, se continuar assim, daqui a alguns anos nosso planeta Terra ficará inabitável.

Um dos principais fatores que está acabando com o meio ambiente é a poluição do ar causada pelos escapamentos dos carros.

Buscando uma solução para que essa poluição diminua ou acabe de vez, grandes empresas e pessoas com inteligência privilegiada estão criando projetos que prometem ajudar muito o nosso ambiente. Entre os projetos que se destacam está a criação de carros elétricos que no futuro substituirão os carros que funcionam com combustíveis fósseis.

No mundo todo é possível encontrar pessoas que estão criando carros elétricos, inclusive, muitos brasileiros também estão nessa. Alguns brasileiros acabaram de criar um carro elétrico que poderá ser carregado na tomada de casa, assim como um celular.

Brasileiros lançam carro elétrico que pode ser carregado em casa

O Brasil terá um carro elétrico 100% nacional comercializado a preço popular entre os anos de 2019 e 2020. Essa é o que prevê uma startup de Santa Catarina desenvolvedora do veículo chamado Li.

Em entrevista à Sputnik Brasil, Érico Reis, diretor comercial da empresa Mobilis disse que o veículo pode ser carregado em casa e deve gerar uma economia de até R$ 15 mil por ano ao proprietário.

Érico Reis destacou que o veículo foi criado para andar na rua, para uso diário.

O Li é um carro projetado para ser utilizado na cidade e foi desenhado para não depender de uma infraestrutura de carregamento elétrico.

O carro criado pelos brasileiros pode ser carregado em qualquer tomada na casa da pessoa, muito parecido a um celular.

O carro elétrico Li poderá gerar uma economia de R$ 12 mil a 15 mil por ano, se comparado a um veículo à combustão.

O carro elétrico criado pelos brasileiros já está sendo usado

Hoje, o carro elétrico Li é vendido para uso como veículo de vizinhança, para circulação em condomínios e indústrias, seu preço é de R$ 55 mil.

Carro Elétrico Brasileiro Mobilis LI
Carro Elétrico Brasileiro Mobilis LI

A versão do carro para utilizar nas vias urbanas ainda está aguardando a homologação do Ibama e do Contran. A companhia estima que cada unidade do carro elétrico para vias urbanas deverá custar em torno de R$ 65 mil e R$ 69 mil.

A estrutura do carro elétrico Li é a seguinte: 2,67 metros de comprimento e 1,59 de altura e capacidade para duas pessoas. O veículo ainda utiliza bateria de lítio, que faz com que o carro tenha maior autonomia se comparado a outros veículos parecidos importados da China e dos Estados Unidos.

Recomendamos: Os 10 carros elétricos com mais autonomia

O Li pode durar até mais de 10 anos, enquanto os demais carros importados duram no máximo 3 anos.

Carro elétrico criado por brasileiros traz inovação para seus usuários

O carro elétrico Li vem sendo desenvolvido há três anos pela startup, ele traz diversas inovações no que se refere à interface com o usuário do veículo.

O diretor da Mobilis afirmou que os motoristas darão partida nos carros por meio de um login.

Érico dos Reis disse: “Diferente de um veículo regular em que a pessoa dá a partida com uma chave mecânica, no nosso Li é um cartão FRD, no qual cada pessoa fará um login no veículo, que vai nos permitir saber as necessidades desse usuário, como ele está dirigindo e o perfil de uso”.

O diretor ainda disse que dessa forma, a empresa consegue saber o melhor momento de manutenção do carro. Sendo importante dizer que o carro elétrico Li ainda possui um sistema de manutenção online conectado com a fábrica.

Embora a empresa de Santa Catarina tenha criado um carro elétrico que possa ser carregado na tomada, ainda falta muito para que esse veículo agrada aos brasileiros, pois, ele é muito pequeno, o que dificulta a sua comercialização para pessoas que tenham famílias.

Sem falar que ele precisa de muitos itens para começar a ser comercializado livremente, como ter portas, pois, o projeto ainda não possui portas e isso é muito perigoso em ruas comuns.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  Subscrever  
Notificação de