Fábrica de Baterias

Governo alemão vai investir 1000 milhões de euros num consórcio para construir uma nova fábrica de produção de baterias.

O anúncio final será feito pelo Ministro da Economia alemã, Peter Altmaier, a 13 de novembro de 2018. Este anúncio irá dar conta da constituição do consórcio que irá gerir os 1000 milhões de euros com vista à construção de uma fábrica de baterias na Alemanha!

Até ao momento, sabe-se que a empresa Varta Microbattery, conhecida por ser uma das lideres no mercado das baterias, está na frente do consórcio, bem como a filial alemã da Ford Werke.

Alemanha quer europa na vanguarda das baterias…

Esta nova fábrica de produção de baterias irá ser construída na região de Lusacia, e a construção da mesma será financiada com 1000 milhões de euros!

O objetivo do governo alemão passa por colocar empresas europeias a produzir células eletroquímicas, concorrendo assim com as empresas chinesas.

É que até agora estas células estão apenas a ser produzidas por empresas chinesas, como o grupo CATL, que em 2019 planeia construir uma fábrica junto a Erfurt!

Até ao momento, os fabricantes europeus de automóveis evitaram o investimento de milhões de euros no desenvolvimento desta tecnologia. Esse investimento passou para empresas como a Bosch, só que, entretanto, esta abandonou o desenvolvimento da tecnologia tendo dado como justificação a necessidade de mais 20000 milhões de euros para poder competir com as empresas chinesas!

Consórcio Terra E

Esta notícia surge depois do consórcio Terra E ter falhado. Este consórcio era constituído por 20 empresas alemãs que se juntaram há coisa de ano e meio com o objetivo de construir uma fábrica com capacidade de 34GW por hora até 2028, com um investimento de 4000 milhões de euros!

Investimento alemão

Nos últimos doze anos, o governo alemão investiu mais de 500 milhões de euros no desenvolvimento de baterias. Sendo que um dos projetos foi através do Ministério de Investigação, num total de 16 milhões de euros de investimento, cujo objetivo era encontrar maneira de substituir as baterias de iões de lítio por baterias no estado sólido.

Seguindo esta linha de desenvolvimento, os alemães prevêem um investimento de 600 milhões de euros nos próximos anos. Investimento que servirá para construir um centro de investigação de baterias elétricas com 200 engenheiros para assim impulsionar este setor!

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  Subscrever  
Notificação de