Novo Aerogel - Energia Termossolar

O desenvolvimento de um novo material, um aerogel, conseguiu aprisionar o calor solar eficazmente mesmo com temperaturas abaixo de zero.

Este aerogel é um material recém desenvolvido, transparente que mal se consegue ver. Os investigadores acreditam que este venha a ser o elemento essencial no desenvolvimento da energia termossolar (energia proveniente do calor do sol).

O aerogel, é um coletor, que gera temperaturas muito mais altas do que qualquer coletor já construído. Pode vir a ser aplicado à indústria ou a usos domésticos que tenham temperaturas acima dos 200 graus Celcius!

O aerogel tem mais caraterísticas que o tornam num excelente coletor solar. É leve e muito poroso, tem mais de 99% de ar, e a sua estrutura é à base de silício ou óxido de silício (que também pode ser usado para fazer vidro). E visto que é transparente, o aerogel é atravessado pela luz solar, mas não deixa que o calor solar saia!

Aerogel termossolar

Há anos que surgem no mercado aerogéis, estes vinham a ser usados como materiais de isolamento térmico, eficientes e leves, mas com transparência limitada à luz visível, com uma transmissão de cerca de 70%!

No MIT, Lin Zhao e colegas, conseguiram sintetizar um novo tipo de aerogel que permite passar mais de 95% da luz solar recebida, mantendo ainda assim as suas propriedades de isolamento provenientes da espuma de silício.

Composição material aerogel - Energia Termossolar
Composição material aerogel – Energia Termossolar

Mas qual a grande inovação? Este aerogel deveu-se à aplicação exata dos diferentes produtos químicos, misturando assim o catalisados com o composto de silício numa solução liquida, formando assim este tipo de gel húmido.

Ao se secar o gel, fica apenas uma matriz (à base de ar), mas que retém a estrutura da mistura original. Ao se criar uma mistura que quimicamente reage mais rápido do que os outros aerogéis criados, constatou-se que o gel fica com espaços porosos mais pequenos que os grãos, difundido menos a luz, permitindo que esta passe.

Dispositivo coletor passivo de calor

Testes feito no telhado do MIT, com um dispositivo coletor passivo de calor (à base de material escuro absorvente de energia solar) e cobertor por uma camada do novo aerogel, atingiu e manteve a temperatura de 220 graus Celcius, durante o inverno no hemisfério norte, mesmo com a temperatura exterior abaixo do zero graus Celcius.

Na maior parte das aplicações, o sistema passivo coletor de calor pode ser ligado a tubos onde o liquido pode circular e assim transferir o calor para onde ele for necessário.

Outra alternativa, a equipa de investigadores sugere outros usos, como a ligação a tubos de calor ou dispositivos que possam transferir calor a certas distancias sem exigir bombas ou peças móveis.

RECOMENDAMOS TAMBÉM...

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui