Qual é a combinação perfeita de fontes de energia para Portugal?

energia-nuclear-acidentes

Portugal precisa de três grandes centrais nucleares

Cerca de 60 por cento de produção de energia através do nuclear, 30% de renováveis e 10% do gás é a combinação perfeita de fontes de energia adequadas ao perfil de consumo de Portugal, referiu Pedro Sampaio Nunes à Agência Financeira.

O antigo Secretário de Estado da Ciência e responsável da empresa Energia Nuclear de Portugal diz que só assim Portugal conseguirá ser auto-suficiente no que diz respeito a energia e que o nuclear tem aqui um papel «indispensável». «Precisamos de três grandes centrais», acrescentou.

Quanto às renováveis como hídrica e eólica, que sublinha que representam 27% das fontes utilizadas neste momento no país, garante que a tendência é para baixar e que são precisos investimento muito grandes.

Além disso, Sampaio Nunes realça que o carvão está cada vez mais caro e que é «prudente» pensar em substituí-las faseadamente.

FONTE: AGÊNCIA FINANCEIRA