Projecto EnergizAir apresenta boletim das energias renováveis em Portugal

boletim-energias-renovaveis

A partir de hoje, os portugueses têm a possibilidade de ver qual o contributo e impacto real das energias renováveis na produção de electricidade e aquecimento de águas quentes através do Boletim das Energias Renováveis.

O Boletim das Energias Renováveis vai ser apresentado diariamente no espaço meteorológico do programa “Bom Dia Portugal” da RTP1.

Com o boletim das energias renováveis, a APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis, permite-lhe completar o boletim meteorológico com dados sobre a produção de energia solar térmica, solar fotovoltaica e eólica.

Baseado numa ideia belga, o Boletim das Energias Renováveis chega a Portugal pela mão da Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN) com o apoio da RTP e do Instituto de Meteorologia.

Já presente em França, Itália e Eslovénia, o Boletim das Energias Renováveis centra-se na inclusão da informação sobre fontes de energia renováveis nos boletins meteorológicos, através de indicadores visuais interativos.

Estes indicadores têm como função estabelecer a ligação entre a meteorologia, as fontes de energia e o consumo, demonstrando o que se pode fazer com os vários recursos disponíveis.

 

Incluir informação sobre as fontes de energia renováveis nos boletins meteorológicos é a ideia no novo projecto europeu EnergizAIR, que vai ser implementado em Portugal a partir de Julho pela Associação de Energias Renováveis, APREN.

O projecto foi reconhecido com o prémio Sustainable Energy Europe Award, na categoria de comunicação, numa cerimónia a 19 de Junho que contou com a presença do Comissário europeu para a Energia, Gunther Oettinger.

boletim-energias-renovaveis-portugal

O projecto, com a duração de dois anos e financiado pelo Programa Energia Inteligente Europa (EIE), tem por base uma ideia belga de incluir informação sobre fontes de energia renováveis nos boletins meteorológicos, através de indicadores visuais interactivos.

O objectivo passa por provocar uma mudança cultural em todos os espectadores, leitores ou ouvintes dos boletins meteorológicos, ao introduzir na sua vida quotidiana a quantificação da produção de energias renováveis.

O EnergizAIR é coordenado ao nível europeu pela Associação de Energias Renováveis belga, Apere, e vai ser aplicado em cinco países europeus – Portugal, França, Bélgica, Itália e Eslovénia.