Primeiro parque eólico Offshore de Portugal com EDP e WindFloat

windfloat-siemens-portugal

EDP anuncia projecto pioneiro em Portugal com a instalação de um Aerogerador em regime OffShore com sistema  Flutuante WindFloat orçado em 18,4 milhões de euros.

O fabricante Dinamarquês Vestas é o responsável pela implementação e fornecimento do Aerogerador.

A WindPlus, uma joint-venture liderada pelo grupo EDP, assinou um acordo com a dinamarquesa Vestas para o fornecimento de uma turbina eólica de 2 megawatts destinada a um projecto na costa portuguesa.

A EDP assinou um acordo de projecto e um contrato em regime chave-na-mão com a InovCapital e a Principle Power para a implantação do primeiro WindFloat à escala real equipado com um aerogerador de 2 MW, ao largo da costa portuguesa.

Esta estrutura flutuante serve para suporte de aerogeradores offshore e permite a implantação destes mesmos geradores em locais antes inacessíveis, onde a água excede os 50 metros de profundidade e os recursos eólicos são superiores.

.Este projecto prevê a implantação, pela Principle Power, de um protótipo WindFloat, equipado com um aerogerador offshore Vestas V80, de 2 MW ao largo da costa portuguesa ainda este ano e estará ligado à rede por um período “não inferior a 12 meses”, com o objectivo de validar o desempenho da integração entre o WindFloat e o aerogerador.