Primeiro carro elétrico Nissan LEAF em Portugal por 29.955 euros

nissan-leaf-carro-eletrico

O novo carro eléctrico da Nissan, o Leaf, vai ser comercializado em Portugal por 29.955 euros a partir de Dezembro deste ano, já depois de deduzidos os incentivos do Governo.

O preço foi divulgado numa conferência realizada em Londres pelo fabricante automóvel, que anunciou ainda os valores do novo carro para a Holanda, Reino Unido e Irlanda. Juntamente com Portugal, serão estes três países os primeiros mercados europeus onde o grupo nipónico vai lançar o carro eléctrico. As reservas terão início em Julho.

Feitas as contas ao preço de compra e às isenções fiscais, ainda que Portugal não seja o país mais caro para a nova viatura, será onde os compradores recebem menos incentivos. Em causa está um subsídio de 5000 euros para os particulares na compra de um carro eléctrico, benefício que estará disponível até aos primeiros cinco mil automóveis ou até ao final de 2012.

Prevista está também a isenção de imposto de circulação durante os primeiros cinco anos. Quem comprar o novo automóvel deixa de pagar assim cerca de 425 euros ao longo desse período, a avaliar pelo imposto cobrado em carros como o Toyota Aygo, o Citroen C1 ou o Peugeot 107.

A Nissan anunciou também que as baterias (a peça mais cara dos veículos eléctricos) vão estar incluídas no preço, que nestes quatro países será sempre abaixo dos 30 mil euros devido aos incentivos recebidos. Salienta ainda que se prevêem poupanças anuais de combustível de cerca de 600 euros, na Europa, quando comparado com um automóvel normal.

Será a Holanda, onde as vendas se iniciam também em Dezembro, a ter o preço mais alto: 32.839 euros. Neste caso, os subsídios traduzem-se na isenção dos impostos de circulação automóvel e de registo automóvel, o que perfaz uma poupança de 6000 euros para os particulares e de 19.000 euros para empresas.

Já o Reino Unido, onde as vendas se iniciam em Fevereiro de 2011, vai ter o preço mais baixo: 23.350 libras (27.471 euros), já depois da dedução de incentivos. Neste caso, prevê-se o reembolso de 25 por cento do valor de compra de veículos eléctricos puros, até ao máximo de 5000 libras.

Quanto à Irlanda, o preço será de 29.995 euros, após deduções de 5000 euros de incentivos. Estes incluem também a isenção do imposto de registo automóvel, que pode chegar aos 3.800 euros num automóvel de segmento C.

Em causa está um carro familiar de cinco lugares totalmente eléctrico. Portugal vai ser um dos países a fabricar baterias para o novo automóvel, numa unidade em Cacia que começa a ser construída em Outubro de 2011. O objectivo é produzir um total de 50 mil baterias por ano.