Primeira empresa auto-sustentável do mundo situa-se em Paredes

fabrica-woodone-energia-solar

São cada vez mais frequentes as notícias de empresas multinacionais que se tornam auto-sustentáveis a nível energético. Mas as boas notícias não surgem apenas do lado de fora da fronteira.

Em Lordelo, no concelho de Paredes há uma empresa que está literalmente nas “bocas do mundo”. Chama-se WoodOne e é a primeira empresa auto-sustentável, a nível mundial.

A WoodOne é a primeira empresa auto-sustentável do mundo a conseguir obter 100% da energia elétrica consumida através da produção de energia com paineis solares fotovoltaicos.

Da eminente falência, a WoodOne, empresa de mobiliário de escritório, geriátrico, escolar e de hotelaria passou a uma promissora empresa. Auto-sustentável, a nível de energia solar, conta com 1500 painéis solares que lhe permitem uma poupança mensal de 7.000 euros.

É sem dúvida uma inspiração para outras empresas. Hoje integra 63 funcionários, número que poderá continuar a crescer nos próximos tempos.

O passo de gigante foi dado graças a Manuel Luís Martins, atual CEO da empresa, que a adquiriu e a fez ganhar novos horizontes. O próximo objetivo é atingir 90% da faturação em exportação.

Para já, espera-se que esta notícia contagie outras empresas a aventurarem-se na aquisição de painéis solares.

Os painéis solares têm ainda um custo elevado, no entanto, a poupança é bastante apelativa. Os dispositivos utilizados para aproveitar a energia do sol e convertê-la em energia elétrica, além de fazerem parte da chamada energia limpa permitem responder às necessidades de empresas e particulares.

O número de horas de exposição solar no nosso país é mais uma vantagem a somar.

Os painéis fotovoltaicos são constituídos por células fotovoltaicas que têm a capacidade de absorver a energia solar e transformá-la em energia elétrica.

A energia elétrica é armazenada em baterias e é usada apenas quando é precisa. É portanto, uma alternativa ao nosso dispor e totalmente ecológica.

A quase ilimitada energia solar que temos no nosso país, o facto de os painéis solares não queimarem combustível, não produzirem poluição sonora e serem de fácil limpeza são outros benefícios a acrescentar.

Em relação à manutenção, os paineis solares fotovoltaicos estão quase isentos permitindo a quem os adquire uma maior poupança a médio e longo prazo.

Para além dos paineis solares fotovoltaicos existem ainda os paineis solares térmicos que são outra alternativa tanto para particulares como empresas. Estes servem essencialmente para aquecer a água dos banhos, aquecer a água das piscinas e auxiliar no aquecimento central.

Numa habitação, um sistema instalado corretamente permite uma poupança na ordem dos 70%, no que diz respeito ao aquecimento de água. Recorde-se que, mais de metade dos gastos de energia numa habitação prende-se com o aquecimento de água.

Apesar dos custos, a energia solar tem tudo para vingar no nosso país.