Os maiores parques eólicos onshore na Europa

Parques Eólicos Onshore

Os parques eólicos onshore continuam a ser uma das fontes de energia renovável com maior crescimento no mundo inteiro.

Uma das principais razões para isso é o facto deste tipo de tecnologia estar bem desenvolvida o que levou a uma diminuição significativa do preço por cada MW instalado.

Apesar de na Europa o ritmo da criação de novos parques eólicos ter diminuído nos últimos anos, a energia eólica está a ter um ótimo desempenho em outros países, principalmente nos países da América Latina.

Aqui estão alguns exemplos dos maiores parques eólicos onshore na Europa até à presente data

A Statkraft e a TroenderEnergi juntaram-se recentemente com o consórcio ‘Nordic Wind Power DA’ para construir aquele que irá ser o maior projecto onshore eólico na Europa e irá ser localizado na Central Norway.

O projecto irá numa fase inicial consistir em seis parques eólicos com uma capacidade combinada de 1000MW e terá um investimento total de 1.1 Biliões de euros.

Os parques eólicos vão ser construídos na ilha de Hitra e em Snillfjord e a sua composição vai consistir em 278 aerogeradores com 3.6MW de capacidade. A construção irá iniciar-se no segundo trimestre de 2016 e tem data prevista de finalização em 2020.

Os parques eólicos vão gerar um total de 1.4 Terra Watts Hora (Twh) de energia por ano.

Ilha de Hitra Energia Eólica
Vista da Ilha de Hitra – Noruega

O parque eólico de Whitelee na Escócia é o maior parque eólico de Inglaterra a seguir ao de Fântânele-Cogealac na Roménia. Tem 215 aerogeradores dos fabricantes Siemens e Alstom com uma capacidade total de 539MW. Este parque é operado pela ScottishPower Renewables que faz parte do grupo espanhol Iberdrola.

O parque de Whitelee está situado a 300 metros (985 pés) acima do nível do mar, a 15 quilómetros da cidade de Glasgow.

Vivem cerca de meio milhão de pessoas na sua área circundante. Este parque tornou-se um pouco turístico pois nele existe um centro próprio para visitantes com uma sala própria para exibição, café, lojas, centro informativo, etc.

Desta forma o parque eólico onshore Whitelee conjuga a sua componente energética com a turística.

Whitelee Windfarm
Parque Eólico Whitelee – Escócia

O parque eólico Viking é outro enorme parque na Escócia resultado de um empreendimento conjunto entre a comunidade local de Shetland e a SSE.

O seu projecto ganhou a aprovação por parte do ministério escocês em 2012 mas teve um atraso devido a um processo em tribunal colocado por movimentos anti-parques eólicos.

Em 2015 o projecto entrou novamente em acção e espera-se que fique completamente operacional em 2021. Vai consistir em 103 aerogeradoes com um potencial energético de 457MW fazendo deste parque o terceiro maior da Escócia.

Parque Eólico Viking
Parque Eólico Viking – Escócia

Em Portugal, localizado no Alto Minho existe um parque eólico operacional desde 2008 e que até essa data era o maior parque eólico da Europa.

O Parque Eólico do Alto Minho conta com cinco sub-parques, designados por Picos, Alto do Corisco, Santo António, Mendoiro-Bustavade e Picoto-São Silvestre, e estão localizados nos concelhos de Paredes de Coura, Valença, Monção e Melgaço, distrito de Viana do Castelo.

Atualmente consiste em 68 aerogeradores do fabricante Alemão Enercon modelo E-82 de 2MW e 58 aerogeradores Enercon E-70 E4 de 2MW que no total perfaz uma capacidade de 240MW.

Parque Eólico do Alto Minho
Parque Eólico do Alto Minho – Portugal