Omniflow, tecnologia Portuguesa inovadora de microgeração solar e eólica

gerador-eolico-omniflow

O Omniflow é uma tecnologia de origem Portuguesa inovadora de produção de energia elétrica a partir das fontes renováveis, eólica e solar.

O sistema Omniflow pode, em condições ideais, reduzir a fatura de eletricidade em 100%.

A tecnologia Omniflow utiliza  uma asa invertida radial para dirigir o vento de qualquer direção (omnidirecional) e promover um efeito de Venturi, que acelera o escoamento na direção da turbina de eixo vertical.

A elevada produção de energia deve-se ao seu funcionamento em espiral ciclónica ascendente semelhante ao princípio de um furacão.

Deste modo a turbina não se encontra limitada pela mesma física dos aerogeradores convencionais, porque neste caso o vento que passa por cima do Omniflow também contribui para a produção de energia graças à nova tecnologia patenteada internacionalmente de escoamentos combinados.

Graças a este princípio de funcionamento o sistema arranca com a menor brisa e começa a produzir energia para a rede com velocidades de vento muito baixas.

Componente Solar

A superfície da asa é coberta por células foto voltaicas de alta eficiência que maximizam a produção de energia.

Os painéis foto voltaicos diretamente aplicados na asa, são divididos em três zonas independentes e usam micro-inversores com MPPT – monitoramento de ponto de energia máxima individual, para maximizar a produção de energia e evitar queda de produção de energia por efeitos de sombra.

A capacidade de explorar estas 2 fontes de energia numa área tão pequena faz do Omniflow uma das mais poderosas tecnologias de energia renovável disponível no mercado atualmente.

Vantagens do Sistema Omniflow

A baixa emissão de ruído foi um dos fatores mais importantes no desenvolvimento da tecnologia, visto esta ter como objetivo principal a instalação em zonas residenciais.

O baixo ruído é garantido pelo uso do difusor que envolve a turbina e a otimização do rotor para que este atinga a potência máxima garantindo que a ponta da pá não ultrapasse um determinado limite de velocidade.

O sistema tem também a grande vantagem de não ter praticamente componentes móveis visíveis, o que impede as sombras em movimento, que ao ficarem situadas numa janela podem ser muito desagradáveis para os moradores.

As vibrações são também eliminadas por um sistema duplo de amortecimento, impedindo a propagação para o poste e consequentemente para o edifício.

Para além destas características o Omniflow pode ser decorado graficamente para fins publicitários, tornando um simples placar publicitário ou logo corporativo que consome energia num centro de microgeração que fornece energia.

sistema-omniflow-esquema

 Esquema do sistema OMNIFLOW

O Produto

O primeiro modelo disponível é o OM 3.8. Estará disponível para comercialização no inicio do próximo ano.

Possui um rotor de 1.75 de diâmetro com uma potência nominal de 2kW e 3kW de pico.

A asa solar com 3 metros de diâmetro tem como opcional a solução solar com mais 0.8kW de potência nominal.

Pode ser instalado no telhado de edifícios ou condomínios, assim como no solo.

Mais tarde será lançado o modelo OM 6.2 com 6kW de capacidade da parte eólica e 2kW da parte solar. Será mais vocacionado para grandes edifícios, aplicações industriais e grandes painéis publicitários.

O Omniflow é ligado diretamente à rede elétrica e toda a energia gerada é consumida no local sem perdas relacionadas com o transporte de longas distâncias.

Futuramente estará disponível o modelo off-grid, mais vocacionado para localizações remotas onde não exista rede elétrica.

A Empresa

O projeto Omniflow nasceu no âmbito do Prémio Inovação EDP Richard Branson em 2010. Nessa altura nasceu o primeiro conceito, embora um pouco diferente a nível do aspeto visual já possuía o mesmo princípio de funcionamento básico do produto final.

Os laços e boas relações com a EDP foram mantidos e agora a Omniflow faz parte da sua incubadora de empresas tecnológicas, a EDP-Starter.

Em 2011 foi aberto o capital a uma participação externa por parte do fundo de capital de risco do programa ACT da COTEC. Nessa altura o projeto avançou para a comprovação da tecnologia e de protótipo pré-industrial.

Para mais informações sobre o sistema Omniflow pode contatar a empresa em www.omniflow.pt.

COMPARTILHAR