Martifer acentua crescimento no sector das Energias Renováveis

martifer-oliveira-frades

Com uma história de crescimento invejável – nos últimos três anos a empresa cresceu 85 por cento ao ano -, principalmente a partir de 2004, ano em que a empresa se iniciou na área de negócio das energias renováveis, com a Martifer Energy Systems, a Martifer foi uma das primeiras empresas nacionais a tirar partido do seu conhecimento especializado e a pô-lo ao serviço da construção de torres eólicas.

Com um custo de 11 milhões de euros, a sua fábrica foi inaugurada em Agosto de 2004 e viu recentemente a sua capacidade aumentada para o dobro (400 torres/ano).

A estratégia da Martifer para esta nova área de negócio consolidou-se em 2008 com a entrada em operação da fábrica de aerogeradores, a Ventipower. A unidade, situada em Oliveira de Frades, deverá terminar o ano com uma produção de 90 aerogeradores, mas a sua capacidade nominal é de 130 unidades (260 MW), que a empresa espera ver aumentada para 200.

A construção desta unidade foi um investimento que ascendeu a 7,6 milhões de euros e representa a criação de uma centena de novos postos de trabalho.

A unidade integra o cluster industrial eólico da Ventinveste, que entrou em produção em Novembro de 2008 e concluiu recentemente as suas primeiras máquinas para exportação.

Os primeiros cinco aerogeradores Repower, modelo MM92 (2MW), tiveram, no passado mês de Fevereiro, o parque eólico de Moulin de La Drague, em França, como destino.

.

Avança fábrica de pás

A Martifer detém ainda uma unidade de produção de caixas multiplicadoras, que neste momento está a trabalhar para exportação, mas vai também fornecer a linha de assemblagem dos aerogeradores. Para completar a cadeia de valor, a empresa iniciou a construção de uma fábrica de pás em Aveiro, o último dos seus compromissos dentro do agrupamento Ventinveste, que terá uma capacidade de produção de 267 conjuntos de pás por ano.

Fora de portas, para além da actividade que já tem na Polónia, Roménia, Bulgária, Alemanha e Brasil, a empresa prepara-se para arrancar com a construção de uma fábrica de torres eólicas nos Estados Unidos.

A segunda fábrica de torres eólicas que o grupo constrói, num espaço de quatro anos, localiza-se na cidade de San Angelo, Texas, e representa um investimento de 40 milhões de dólares (27,6 milhões de euros). Com uma capacidade de produção anual de 400 torres eólicas em 2013, esta unidade deverá estar operacional no segundo semestre de 2009 e vai criar 225 postos de trabalho.

Também no Texas, a Martifer Renewables, a sua participada para o mercado da produção de electricidade, está a desenvolver um grande projecto eólico, em conjunto com outros sócios. O plano contempla 800 MW de capacidade instalada entre 2009 e 2012, dos quais 174 MW serão instalados numa primeira fase.

Ainda nos Estados Unidos, na Califórnia, o grupo irá participar num projecto solar termoeléctrico de 100 MW, em que actua como construtor. Na Austrália, a Martifer Renewables tem um projecto em parceria com a Epuron e o Mccoy Bank, com quem está a trabalhar num projecto de 1000 MW eólicos. Os parques eólicos são igualmente o foco da atenção do grupo na África do Sul.