Governo aprova Normativa para rede de Abastecimentos de Carros Eléctricos

carro-electrico-mobi-e

O Conselho de Ministros aprovou o quadro normativo em que vai assentar a criação da rede de abastecimento de carros eléctricos em Portugal – 1300 postos espalhados por 25 cidades, operados com base nos três grandes fornecedores de energia.

A rede irá estar a funcionar em 2011, ano em que se prevê a introdução em Portugal dos veículos automóveis movidos a energia eléctrica, e visa dar resposta às necessidades de um mercado de elevado potencial face à escalada dos preços dos combustíveis e à aposta em fontes renováveis.

O consórcio que irá gerir a infraestrutura é constituído pela EDP, Galp Energia e pela Iberdrola – os três grandes fornecedores de electricidade em Portugal – pelos proprietários dos postos e pela SIBS, a sociedade que gere a rede multibanco.

O projecto português tem duas características que o diferenciam daquilo que está a ser feito no estrangeiro. Trata-se da criação de uma rede nacional e não do aparecimento postos de uma forma arbitrária. E funciona em plena integração, não obrigando os utilizadores a procurarem apenas o seu fornecedor de electricidade para abastecer o veículo.

O recurso ao pagamento da energia carregada através do multibanco permite que o utilizador abasteça em qualquer posto e que o pagamento seja feito ao operador energético a que está ligado. O custo do abastecimento surgirá depois na sua factura de electricidade.

O conjunto de diplomas apreciado em Conselho de Ministros – integrado no projecto MOBI-E (Mobilidade Eléctrica) – foi trabalhado no Ministério da Economia em negociação directa com os operadores e com as câmaras municipais das 25 cidades que vão integrar a rede nacional.

O programa teve direito a um conjunto de benefícios fiscais definidos precisamente para apoiar o recurso à electricidade no sector automóvel.

.

O que é a MOBI-E?

A iniciativa mobi-e é um projecto do governo que pretende criar em cooperação com  algumas empresas  a rede de abastecimento de veículos eléctricos em Portugal.

Neste projecto está previsto a existencia de um cartão pós-pago associado ao carregamento dos automóveis dos proprietários de carros eléctricos, para garantir este funcionamento vai ser criada  uma sociedade gestora da rede de mobilidade eléctrica em Portugal .

Ainda se encontra em estudo mas o cartão criado pela empresa efacec permitirá registar os consumos de electricidade feitos por cada proprietário de um carro eléctrico e debitá-los na sua conta bancária a semelhança do sistema sibs do multibanco.